O Banco Nacional da República da Bielorrússia (NBRB) utilizará a tecnologia de blockchain para criar um registo de garantias bancárias.

O Banco Nacional da República da Bielorrússia (NBRB) utilizará a tecnologia de blockchain para criar um registo de garantias bancárias. Isto foi anunciado hoje por Taras Nadolny, Primeiro Vice-Presidente do Conselho do Banco Nacional, na abertura da conferência internacional “Banco Digital”.

“Hoje observamos como os bancos utilizam ativamente tecnologias inovadoras, como BigData e Blockchain, o Banco Nacional também deve se mover nesse sentido, respondendo às demandas modernas da época, por exemplo, decidimos criar um registro de garantias bancárias usando a blockchain”, disse Taras Nadolny.

Ele também acrescentou que com o uso da tecnologia, um registro de transações com títulos será formado.

Além disso, Taras Nadolny recordou que, no setor bancário mundial, inovações como as tecnologias biométricas para a prestação remota de toda a gama de serviços bancários, a criação de sistemas de pagamentos rápidos na Internet e o desenvolvimento de economias de Inteligência artificial; são ativamente utilizadas.

“O Banco Nacional está convencido de que, para que o setor financeiro do país continue seu crescimento, é necessário ser um participante ativo nessas mudanças e introduzir novos modelos de negócios, ao mesmo tempo as inovações bancárias devem visar não só a criação e a utilização de novos produtos e serviços, mas elas também devem focar na diversificação dos já fornecidos”, acrescentou o representante do NBRB.

Conforme relatado em data anterior pela revista digital FokLog, a conferência “Banco Digital” em Minsk foi organizada pelo Banco Nacional da República da Bielorrússia juntamente com a associação científica e tecnológica “Infopark”.

Representantes de empresas financeiras estrangeiras, especialistas na área de serviços financeiros digitais da Bielorrússia, Ucrânia, Rússia e Cazaquistão participam do evento.

Em outubro de 2016, o Banco Nacional da República da Bielorrússia anunciou o lançamento de dois projetos usando tecnologia de blockchain. Tratava-se de desenvolver um registo de garantias bancárias e um registo para transações com valores mobiliários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *