MEDIA Protocol – alternativa para distribuição de conteúdos

Atuamente, a distribuição de conteúdo midáticos é feita de maneira ineficiente e mediada através de plataformas sociais e mecanismos de pesquisa que controlam a população.

Publicado em 22 de Maio de 2018 por

Atualmente, a distribuição de conteúdo midiáticos é feita de maneira ineficiente e mediada através de plataformas sociais e mecanismos de pesquisa que controlam a população. Tais plataformas de distribuição de conteúdo apresentam uma gama muito diversificada de significativos dados de engajamento e preferência de consumidores de conteúdo, sendo que no entanto, oferecem aos criadores e editores pouco retorno em troca.

Nesse sentido, o projeto MEDIA Protocol surge como alternativa que permite a troca de valor entre todos os participantes desse nicho para benefício mútuo – ele foi projetado para, economicamente, criar um canal direto, gerando incentivo para editores e consumidores. Através do MEDIA Protol, os primeiros podem promover conteúdos por meio de incentivos de consumo balanceado diretamente aos consumidores; os segundos, por sua vez, podem pagar diretamente pelo conteúdo fechado e gastar tokens recompensando os criadores e editores de seus conteúdos preferidos.  

Além disso, o protocolo é projetado para suportar um ecossistema de aplicativos de distribuição de conteúdo localizados e centrados na comunidade, que atualmente não podem superar as economias de escala perpetuadas por plataformas já estabelecidas.

 Benefícios do MEDIA Protocol 

De forma sucinta, O MEDIA Protocol é, então,  um contrato inteligente que transforma qualquer URL em uma carteira de criptomoeda, na qual os fundos podem ser distribuídos aos consumidores com base em suas interações com o URL de conteúdo, dessa forma, proporcionando uma nova economia de público-alvo baseada no valor da contribuição de cada consumidor para o êxito de um conteúdo.

Partindo dessa premissa, o  MEDIA Protocol extrai a necessidade de um intermediário na relação entre os editores de conteúdo e os consumidores, criando uma economia direta para a troca de conteúdo, dados e incentivos, incluindo financeiros. Assim, O MEDIA permite que editores, marcas e criadores de conteúdo forneçam o conteúdo mais relevante em busca de uma experiência on-line mais transparente, eficiente e agradável.

Quais serão os benefícios para os clientes?        

  • Participar de uma economia transparente relacionada ao conteúdo com o qual eles interagem;       
  • Trocar interações por acesso inteligente e conteúdos mais adequados;        
  • Incentivar a produção de melhores conteúdos por parte de produtores, concedendo acesso aos dados.

E para as marcas, quais serão os benefícios ?       

  • Ativar as redes de seu interesse para uma distribuição eficaz de conteúdo;      
  • Capacidade de entender como produzir conteúdos mais atraentes para o seu público-alvo;        
  • Promover parcerias confiáveis em um cenário de conteúdo, onde será possível formar associações com nichos e públicos mais adequados para o segmento.

Implementação 

O MEDIA Protocolo fornecerá aos primeiros usuários a tecnologia e suporte para implementar projetos:         

  • Assessoria em suporte a melhores práticas;          
  • Acesso ao Portal do Editor para interação com o contrato inteligente;         
  • SDK para integração perfeita em sua rede de sites e aplicativos;         
  • Acesso a Servidores Híbridos e Rastreadores e Mecanismos de Recomendação para criar impacto rapidamente.

Exemplo CryptoCatnip 

O CryptoCatnip é um aplicativo que une notícias do mundo das criptomoedas, sendo o primeiro dApp a incorporar o protocolo MEDIA. Ele demonstra um modelo de distribuição de conteúdo com atraentes vantagens para consumidores. Assim, ele permite que o usuário navegue rapidamente pelas últimas notícias das moedas virtuais enquanto também coleta tokens MEDIA.

O MEDIA Protocol distribui tokens como uma recompensa aos consumidores e criadores de aplicativos (neste caso, o CryptoCatnip):

  • As promoções são criadas na Blockchain contra URLs de conteúdo por editores ou marcas.
  • As promoções são pagas em tokens MEDIA.
  • Os tokens MEDIA são concedidos aos consumidores que interagem com o conteúdo.
  • Interações de conteúdo são registradas na Blockchain.

MEDIA Protocol - alternativa para distribuição de conteúdos. BTCSoul.com

Para compreender um pouco mais sobre o MEDIA Protol, é possível baixar o CryptoCatnip na App Store, acessar o site oficial do projeto ou seguir as redes sociais da startup:

Twitter: https://twitter.com/MEDIA_Protocol

Facebook: https://www.facebook.com/MEDIAProtocol

Telegram: https://t.me/MP_Announcements

GitHub: https://github.com/MediaProtocol/MediaProtocol

Medium: https://medium.com/@mediaprotocolsm

Linkedin: https://www.linkedin.com/company/media-protocol/

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment