VR e blockchain – tecnologias do futuro em startup russa VRCoin

O projeto russo VRCoin lançará uma ICO com o objetivo de desenvolver sua rede internacional de parques de jogos usando suas próprias tecnologias de realidade virtual.

Publicado em 13 de setembro de 2017 por

O projeto russo VRCoin lançará uma ICO com o objetivo de desenvolver sua rede internacional de parques de jogos usando suas próprias tecnologias de realidade virtual.

A solução tecnológica da transferência instantânea de movimentos humanos VRCoin é um avanço na indústria de jogos de realidade virtual (VR). A originalidade do desenvolvimento reside no fato de que o jogador está completamente imerso na VR. O jogador poderá ver seu próprio corpo e outros jogadores no espaço do game e interagir com eles.

Publicidade

Publicidade

Este efeito é alcançado pelos sensores instalados em todo o corpo. Esses sensores foram criados com a ajuda de câmeras especiais de captura de movimento e sistema de marcadores de posição ativos. Devido à compacidade do equipamento, os participantes não estão limitados a movimentos e podem mergulhar completamente no processo do jogo sem serem distraídos por estímulos externos.

VR e blockchain - tecnologias do futuro em startup russa VRCoin. BTCSoul.com

No final de setembro, haverá o lançamento do primeiro parque de VR em Moscou, onde um grupo de quatro pessoas poderão jogar simultaneamente. Este local será o primeiro parque VR de jogo da nova geração, onde todas as células serão ligadas entre si por uma única infraestrutura de blockchain. Uma Blockchain será usada para monitorar as avaliações e conquistas dos jogadores, bem como para organizar e gerenciar torneios de e-sports e o ecossistema do projeto.

Publicidade

Publicidade

Existem 13 países-chave na fase inicial do plano de implementação: os Emirados Árabes Unidos, China, EUA, Japão, Canadá, Alemanha, Inglaterra, França, Itália, Espanha, Argentina, Austrália, Coréia do Sul.

Além disso, será lançada também a crowdsale d projeto. Os fundos levantados serão usados ​​para desenvolver novos conteúdos e criar sua própria plataforma de transmissão. No futuro, os desenvolvedores da VRCoin planejam a criação de sua própria liga de jogos eletrônicos de VR, construída em uma rede internacional e regulada pelo sistema Blockchain.

VR e blockchain - tecnologias do futuro em startup russa VRCoin. BTCSoul.com

De acordo com o diretor geral de comunicações da VRCoin, Konstantin Negachev, a ICO será realizada em três etapas. A fase de pré-venda começará em 15 de setembro e durará 10 dias. No final de setembro – início de outubro será realizada a fase de pré-ICO e, no final de outubro, a própria ICO. Dentro da ICO, para a ICO estão previstos o lançamento de 100 milhões de tokens VRCoin. 500 VRCoin custarão 1ETH.

De acordo com os cálculos dos criadores, cada um dos parques VR abertos será autossuficiente depois de quatro meses de sua inauguração. Além do lucro que os parques VR trarão, a rentabilidade do projeto será formada a partir dos serviços pagos dentro do VRCenter. O VRCenter será uma assinatura mensal, que permitirá aos usuários ter acesso às funções avançadas do serviço.

A partir de dezembro de 2018, os titulares de tokens poderão comprar tempo de jogo e o custo da sessão que for paga com tokens VRCoin oferecerá ao cliente um desconto de até 50%.

Os titulares de VRCoin terão acesso a missões bônus de acesso antecipado a novas configurações de jogos.

E tem mais, o token VRCoin dará a oportunidade de ter um desconto para as pessoas que desejam comprar uma franquia. Os proprietários de tokens que se juntarem em grupos podem obter o direito de comprar uma franquia master ou implementar seu representante no conselho de administração da empresa, mas apenas se tiverem tokens suficientes. E, para os empresários, será possível pagar pela criação de estimulantes VR pessoais e produtos de treinamento usando VR.

A equipe do projeto:

Konstantin Negachev – Diretor Geral e Executivo de 4 projetos internacionais, um dos fundadores do grupo de empresas “ILN”, empresa especializada na criação de vários projetos digitais;

Dmitry Livshin – CTO na empresa ILN Softlab, consultora de agências digitais sobre a questão da criação de projetos de TI com infraestrutura complexa;

Mentores:

Eric Benz – Diretor Gerente da CryptoPay. Durante 10 anos de seu trabalho, Eric implementou sistemas SaaS inovadores nas maiores instituições financeiras, sistemas de pagamento e bancos.

Iskander Sultanov – Diretor Geral do Centro de Co-Investimento do Projeto Corporativo, Chefe do Grupo de Trabalho da Agência de Iniciativas Estratégicas (ASI), que trata do empreendedorismo social;

Sergey Chernyshev – Professor, co-autor da Fundação da Plataforma Digital. Especialista do conselho de especialistas sob o Governo da Federação Russa, supervisor científico do Laboratório de Engenharia de Projetos Institucionais.

Dmitry Machikhin – especialista em questões legais em blockchains e negócios, CEO da Gmt Legal.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment