A blockchain NEM e a criptomoeda XEM

Hoje a NEM está com uma capitalização de mercado na ordem de US$ 2.113.119.000, e ocupa o 4º lugar no ranking das criptomoedas.

Publicado em 20 de maio de 2017 por

A NEM é uma blockchain peer-to-peer que roda a criptomoeda XEM e teve sua plataforma lançada em 31 de março de 2015. Escrita em Java, com uma versão C ++ nos trabalhos, a NEM tem um objetivo declarado de um modelo de distribuição amplo e introduziu novos recursos para a tecnologia blockchain como seu algoritmo de prova de importância (POI), múltiplas assinaturas de contas, mensagens criptografadas e um sistema de reputação Eigentrust ++.

O software da blockchain NEM é usado em um bloco comercial chamado Mijin, que está sendo testado por instituições financeiras e empresas privadas no Japão e internacionalmente.

Publicidade

Publicidade

Historia

A NEM foi iniciada por um usuário do Bitcoin Talk chamado UtopianFuture que foi inspirado pelo Nxt. O plano inicial para a NEM era criar um fork da NXT, mas isto foi deixado de lado eventualmente em favor de um código base completamente novo.

A partir de 19 de janeiro de 2014, foi aberto um convite para participação no fórum Bitcointalk. O objetivo do chamado era criar uma criptocorrência orientada para a comunidade a partir do zero.

O projeto NEM não era uma entidade legal na época, embora existam esforços recentes para mudar isso. As participações da NEM deveriam ser distribuídas para aqueles que contribuíram para o projeto em montantes de 2,25 milhões de XEM.

Publicidade

Publicidade

Conforme o projeto evoluiu, foi possível que os desenvolvedores iniciais reclamassem o montante de vido de XEM. Contudo, em meio a incertezas quanto a permanência dos desenvolvedores para o próximo estágio do processo, foi ajustado um prazo de 8 meses para que as recompensas iniciais fossem reclamadas, revertendo as mesma após esse período para o desenvolvimento posterior da NEM.

Arquitetura

A versão Alpha foi lançada em 25 de junho de 2014. Posteriormente, a versão Beta foi lançada em 20 de outubro de 2014. A NEM lançou sua primeira versão estável em 31 de março de 2015. A próxima grande atualização do ecossistema NEM é chamada Catapult e tem uma data de lançamento desconhecida. Ele foi originalmente estimada para ser lançado no quarto trimestre de 2016, mas desde então foi transferida para uma data incerta de 2017.

A arquitetura de projeto da NEM consiste em dois componentes. Um deles é o nó ou NEM Infraestrutura Server (NIS). O segundo é o cliente utilizado para interagir com os nós. A carteira com suporte atual é a NanoWallet.

A NanoWallet é uma carteira de criptocorrência completa construída com HTML e Javascript. Como tal, ele é capaz de rodar em qualquer plataforma com um navegador web. A NanoWallet se comunica com qualquer NIS, a fim de retransmitir as transações para o resto da rede, bem como receber informações sobre eventos da mesma.

Outro cliente foi o NEM Community Client (NCC). O NIS está conectado à rede P2P e atua como um gateway para o NCC. O NCC é um software cliente que inclui uma carteira. O NCC desde então foi depreciado em favor da NanoWallet. Tanto o NCC como a NanoWallet podem ser executados isoladamente a partir da internet, fornecendo segurança aos usuários.

A arquitetura modular da NEM permite que o software da carteira seja protegido de ataques externos. É praticamente impossível invadir a carteira se ela for apenas conectada ao NIS através de um firewall.

As carteiras podem ser usadas em qualquer computador, enquanto o NIS representa um nó na rede NEM e pode ser hospedado em locais remotos. Isso permite que qualquer dispositivo, incluindo computadores de baixa potência e dispositivos móveis, interajam com o bloco da blockchain NEM, dado que eles tenham acesso a uma conexão de internet capaz de se conectar a um NIS.

Mesmo se o público que se conecta ao NIS for hackeado, não há linha direta de ataque para o software da carteira NEM do NIS, criando uma camada extra de segurança.

Algoritmo POI

O POI é o algoritmo usado na NEM para transações de registro de data/hora. A importância de um usuário NEM é determinada pela quantidade de moedas que eles têm e o número de transações feitas de ou para sua carteira.

O POI usa a medida de centralidade de rede NCDawareRank, a topologia do gráfico de transação, bem como uma série de outros sinais relevantes para alcançar o consenso. O POI é diferente de outras iniciativas que utilizam um modelo de partilha de taxas que não leva em consideração o suporte global da rede.

Em sistemas de prova de participação (PoS), uma pessoa precisa ter grandes quantidades de moedas para formar um bloco, mas em transações da NEM, volumes de movimentação e confiança tornam-se fatores. Esse método foi projetado para incentivar os usuários da NEM para não simplesmente segurarem XEM, mas sim usa-os ativamente, mediante realização de transações.

Para ser elegível e entrar no cálculo de importância, uma conta deve ter pelo menos 10.000 unidades de XEM. Todas as contas que possuem mais de 10.000 XEM adquiridos têm uma pontuação de importância diferente de zero. Com uma oferta de 8.999.999.999 de XEM, o número máximo teórico de contas com importância diferente de zero é de 899.999.

Na prática, não se espera que o número de contas reais com importância diferente de zero se aproxime do máximo teórico devido às desigualdades de XEM mantidos e também aos custos temporais associados ao acúmulo das criptos.

Se a NEM tornar-se muito popular, um limiar de 10.000 XEM investidos poderia ser indesejável. Se necessário, este número poderá ser atualizado no futuro através de um hard fork, que é o mesmo procedimento para ajustar as taxas de transação e outros parâmetros relacionados ao recebimento de taxas por POI.

Mijin

A Mijin é uma blockchain privada que usa o software NEM. Os desenvolvedores afirmam que ela reduzirá os custos institucionais bancários em 90%, ao mesmo tempo em que tornará a operação bancária mais segura. A Sakura Internet tem parceria com o departamento de tecnologia para oferecer testes livres de 6 meses no Mijin para todos.

A Mijin está sendo testada pela Infoteria em seu software empresarial Asteria. Ela Foi testada em dezembro de 2015 pelo maior banco de confiança do Japão, SBI Sumishin Net Bank, de propriedade da Sumitomo Mitsui Trust Holdings.

Em dezembro de 2015, o banco japonês SBI Sumishin Net Bank, comissionou o NRI, um grupo de pesquisa no Japão, para realizar um teste na blockchain NEM dentro tecnologia Mijin. Eles testaram 2.500.000 contas com mais de 2.000.000 transações por dia com uma variedade de transações durante um período de três meses, durante o qual o uso foi testado e aprovado.

A Mijin é capaz de suportar qualquer número arbitrário de ativos em sua cadeia. Todos os recursos disponíveis na NEM também estão disponíveis na Mijin, com a adição de suporte de contrato inteligente.

Muito sobre como o suporte de contrato inteligente vai funcionar ainda é segredo, com a única referência estar presente no site oficial. Os desenvolvedores que estão trabalhando na NEM também são os mesmos que trabalham na Mijin.

A Mijin completou seu primeiro teste no quarto trimestre de 2015, alcançando 25 transações por segundo em uma rede global. No primeiro trimestre de 2016, foram feitas 5000 transações por segundo em uma rede confidencial local usando a tecnologia.

No segundo trimestre e no terceiro trimestre de 2016 foram adicionados contratos inteligentes à Mijin, e a Mijin foi integrada em algumas bolsas. No quarto trimestre de 2016, a Mijin finalmente conseguiu 10000 transações por segundo em uma rede local e 100 transações por segundo em uma rede global. O objetivo do desenvolvimento da Mijin é declarado publicamente como sendo reduzir o custo da infraestrutura bancária em 90% até o quarto trimestre de 2018.

NEM hoje

14/03/2017: A NEM fechou parceria com uma empresa de jogos o Malaysian Xhai Studios, onde a NEM ajudará a eliminar ineficiências na cadeia de distribuição, como a necessidade de pagar intermediários e processadores de pagamentos.

24/03/2017: A App Store passa a contar com uma carteira de Nem (XEM), devido a seu espantoso crescimento.

09/05/2017: A NEM demonstrou um crescimento ainda mais rápido – mais de 80%. Por capitalização de mercado, esta criptomoeda acabou por ultrapassar o DASH, o Ethereum Classic, o Monero e apenas chegou perto do Litecoin.

20/05/2017: Hoje a NEM está com uma capitalização de mercado na ordem de US$ 2.113.119.000, e ocupa o 4º lugar no ranking das criptomoedas. Seu valor de negociação hoje é de US$ 0,234 e 0.00011548 BTC. A moeda vem mostrando um crescimento constante e o mercado tem respondido bem as propostas da equipe de desenvolvimento.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

4 comentários sobre: “A blockchain NEM e a criptomoeda XEM

  1. Hayxima Milhomem

    Bom Dia,

    Como faço para comprar a NEM (XEM) ?

    Att,

    Hayxima Milhomem

    1. Boa tarde,
      Olha só, a Poloniex e a Bittrex são as corretoras em que tenho maior confiança e que vendem o XEM.
      Qualquer outra duvida é só falar.

      1. Fabrício

        Essas corretoras que você falou, dá pra comprar e armazenar ou pra fazer trade?

        1. Olha Fabrício, em ambas dá para fazer tudo isso, comprar, armazenar e fazer trade. Mas recomenda-se manter na corretora apenas o que você irá utilizar em negociação, retirando montantes que sejam para guardar.

Leave a Comment