Análise do mercado de criptomoedas – BTC, XRP, ETH, XLM, BCH – 07/12/2018

Publicado em 7 de dezembro de 2018 por

Nesta quinta-feira o mercado de criptomoedas operou mais uma vez em linha com a tendência de queda que tem buscado a cada dia fundos menores. Com capitalização de menos de US $ 117 bilhões, o mercado chegou ao mesmo nível em que operava em agosto do ano passado, e este é o menor nível deste então.

Apesar das fortes quedas, as projeções são ainda mais baixas para o preço das criptomoedas. A pressão vendedora tem dominado o mercado que não consegue encontrar um fundo definitivo para iniciar uma reversão. Nesse sentido, antes que voltem a subir o preço das coins tende a cair por mais algum tempo.

Bitcoin

O preço do Bitcoin caiu e chegou a ser negociado bem abaixo do nível de US $ 4.000, no meio da tarde nesta quinta, a cotação chegou ao patamar de US $ 3.610. O preço da moeda em dólar não conseguiu superar a resistência na casa de US $ 4.000 e, pior ainda, perdeu além do suporte definido em US $ 3.700 o suporte em US $ 3.620.

A queda do preço abaixo do suporte deu ainda mais força para os vendedores, os quais conseguiram manter a tendência e atingir níveis menores do que o previsto neste período. Além disso, a expectativa para o preço da criptomoeda continua de queda, o que pode ser observado no gráfico pela formação de topos e fundos cada vez menores e também pela linha de média móvel inclinada para baixo.

Em caso de recuperação, os compradores devem encontrar dificuldade em dar continuidade ao movimento de alta quando o preço estiver próximo às resistências definidas em US $ 3.850 e US $ 3.900. Nessa região a presença de vendedores pode ser maior e dominar o mercado.

Para a sexta-feira a tendência continua de queda e o Bitcoin pode atingir níveis ainda menores. Com o rompimento da resistência, um novo nível para este indicador deverá ser visualizado nas próximas movimentações. No entanto, antes disso, o Bitcoin pode buscar o fundo perto de US $ 3.400.

Top Five do mercado

Em linha com o mercado em geral e o Bitcoin que representa mais de 50% do mercado como um todo, as outras quatro moedas que compõe o top five também apresentaram forte queda nesta quinta-feira. Entra elas a Stellar e Ethereum observaram as quedas mais severas, 16,32% e 15,99% respectivamente.

Ripple (XPR)

Até o momento desta redação a Ripple, que ocupa a segunda posição no mercado em termos de capitalização, era negociada em torno de US $ 0,3126.

Durante dia a moeda oscilou bastante, formando sempre topos e fundos descendentes até atingir o menor preço, exatamente o preço observado durante a escrita. Além disso, a formação da figura e linha de média moveis com inclinação negativa indicam que a tendência de queda deve permanecer. Neste movimento de queda a XRP deve buscar fundo próximo a região de US $ 0,29 onde, esta, possivelmente pode perder força.

Por outro lado, caso os preços venham a subir, a movimentação deve perder força ao se aproximar de US $ 0,3140. Nesse ponto os vendedores devem voltar a ter maior pressão sobre o mercado da criptomoeda.

Ethereum (ETH)

No momento desta redação o Ethereum, seguindo a mesma linha das outras criptomoedas, também operava em forte queda em relação ao preço do dia cinco de dezembro e estava cotada em US $ 88,66.

Também com tendência clara de queda marcada pela formação dos topos e fundos cada vez menores e da linha de média móvel inclinada para baixo, o Ethereum deve manter a movimentação até aproximar da região de US $ 79,95. Nesse ponto, a pressão de demanda deve aumentar no mercado gerando um repique de alta no preço.

Caso um movimento de alta se inicie, os compradores devem perder força próximo ao valor de US $ 89,94. Nessa região a tendência é de que haja muitos vendedores, o que deve pressionar os preços para baixo.

Stellar (XLM)

A Stellar, que ocupa a quarta posição no ranking do Coin Market Cap, exibiu nesta quinta-feira a maior queda (16,32%) entre as moedas observadas. No momento desta redação a Stellar estava sendo negociada por cerca de US $ 0,1205.

Após movimentações de baixa e alta no começo do dia, a Stellar chegou a ser negociada por US $ 0,1419, o que foi seu maior patamar diário. No entanto, após a breve alta, a moeda iniciou uma trajetória forte de queda.

Para as próximas horas a tendência é de que a moeda mantenha a linha de baixa até se aproximar da zona de US $ 0,098. Neste ponto, existem grande chances de que a força compradora supere a pressão de venda e cause uma elevação no preço.

Em caso de nova alta, a moeda encontrar obstáculo para subida ao se aproximar de US $ 0,1145. Neste ponto o número de vendedores pode superar os compradores derrubando os preços.

Bitcoin cash (BCH)

Paralelamente, o Bitcoin Cash, no momento desta redação era negociado em queda por cerca de US $ 102,88, também demonstrou um padrão de queda. Além disso, o padrão gráfico observado somado a linha de média móvel com inclinação negativa indicam continuidade de movimentação em sentido negativo,

Como indica o gráfico, nas próximas horas o BCH deve contemplar ainda mais quedas, contudo o movimento pode perder força ao se aproximar da resistência definida em R$ 93,99. Nessa região, a força compradora deve voltar a dominar o mercado gerando alguma alta nos preços.

Por outro lado, caso o valor do BCH inicie uma trajetória de alta, o preço deve encontrar um obstáculo forte para subida próximo a região de US $ 115,60. Nessa zona muitos investidores podem estar dispostos a vender suas moedas, gerando queda nos preços.

Considerações Finais

Como pode ser observado, a quinta-feira foi de queda ainda mais consistentes para o mercado das criptomoedas. Nas 24 horas usadas como base para a análise, as grandes moedas perderam entre 9% e 16% do seu valor.

Contudo, as quedas recentes não foram ainda não foram suficientes para que o valor encontrasse seu mínimo. Nesse sentido, a tendência continua de queda como vem sendo indicado dia após dia. 

Gabriele Couto
Gabriele Couto é uma economista que começou a contribuir para o BTCSoul e a conhecer um universo totalmente inovador. Atualmente, escreve sobre o mundo das criptomoedas tentando correlacioná-lo com os mercados tradicionais.

Compartilhe!

Leave a Comment