2017: rendimento do Bitcoin foi inferior a somente duas empresas

Desde o início de 2017, o Bitcoin cresceu quase cinco vezes e é inferior em rendimento a apenas duas empresas cujas ações são negociadas em bolsas.

Publicado em 1 de setembro de 2017 por

Desde o início de 2017, o Bitcoin cresceu quase cinco vezes e é inferior em rendimento a apenas duas empresas cujas ações são negociadas em bolsas. Isto foi escrito pelo analista financeiro do Wall Street Journal.

Em 1º de janeiro de 2017, o preço do Bitcoin superou a marca de US$ 1.000 e hoje a moeda já está sendo negociada por valores que ultrapassam US$ 4.600. Assim, nos primeiros oito meses deste ano, o Bitcoin cresceu quase cinco vezes.

Publicidade

Publicidade

Como o especialista observa, o Bitcoin aumenta muito mais rápido do que na formação das últimas bolhas com o boom das dotcoms, e também em seu tempo no mercado imobiliário e no setor de biotecnologia.

De acordo com os índices atuais de rendimento, na criptomoeda, o valor é inferior às ações de duas empresas: PolarityTE (735%) e AVEO Pharmaceuticals (604%). Outros dois empreendimentos que vêm demonstrando bons rendimentos esse ano são a Straight Path Communications e a Calithera Biosciences (362%).

E em mais uma vitória hoje, a capitalização de mercado do Bitcoin já supera os US$ 76 bilhões e o valor total de todas as moedas criptográficas é de quase US$ 170 bilhões. Isso se compara à capitalização da Cisco Systems (US$ 157,4 bilhões), da Walt Disney (US$ 158,3 bilhões), da Intel (US$ 163,2 bilhões) e da Pepsico (US$ 165,1 bilhões).

Publicidade

Publicidade

Lembre-se: no início desta semana, o preço do Bitcoin superou a marca de US$ 4.600.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment