22 bancos testam CORDA para pagamentos internacionais 

O Consórcio Internacional R3 criou um sistema de pagamentos transfronteiriços baseado em tecnologia de Blockchain. 22 grandes bancos estão prontos para participar dos testes, incluindo Barclays, BBVA, HSBC e Commerzbank.

Publicado em 1 de novembro de 2017 por

O Consórcio Internacional R3 criou um sistema de pagamentos transfronteiriços baseado em tecnologia de Blockchain. 22 grandes bancos estão prontos para participar dos testes, incluindo Barclays, BBVA, HSBC e Commerzbank. Isso foi relatado no comunicado de imprensa oficial da empresa.

Publicidade

Publicidade

A nova solução foi desenvolvida com base na plataforma de contratos inteligentes Corda, criada especificamente para a interação de bancos centrais com criptomoedas. Além disso, o novo desenvolvimento do consórcio R3 permite a criação de um registro de moedas fiduciárias e também fornece aos bancos a capacidade de emitir criptomoedas próprias.

“Existe uma necessidade [no mundo] de meios mais eficazes de pagamentos internacionais. Atualmente, este é um processo caro e demorado. Além disso, os remetentes de pagamentos têm que confiar na segurança das instituições centralizadas que são responsáveis ​​pela sua implementação. Quanto mais centralizado, mais fácil é para os hackers chegar aos dados pessoais “, disseram representantes da R3.

Os bancos participantes estão otimistas sobre as perspectivas do projeto. Por exemplo, o chefe de tecnologias digitais para bancos corporativos e de investimento da Natixis, Frederic Dalibard, observou que “a Natixis acredita no potencial da tecnologia de registro distribuído para pagamentos transfronteiriços e está estudando várias iniciativas nesta área”.

Espera-se que a versão beta do produto seja lançada antes do final de 2017.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment