Aberta primeira embaixada para introdução de stablecoins na economia real

A startup Paxos introduziu uma nova stablecoin, a Pixos Standard, cujo valor é vinculado ao dólar dos EUA.

Publicado em 12 de setembro de 2018 por

A organização internacional sem fins lucrativos Mile Unity Foundation anunciou a criação de uma extensa rede de embaixadas que visa promover o conhecimento sobre a indústria de ativos digitais.

De acordo com Yuri Gugnin, embaixador global da Mile Unity Foundation, a principal tarefa das embaixadas é a capacitação de funcionários públicos, organizações financeiras, empreendedores e desenvolvedores para usar ativos criptomonetários na economia real.

“No âmbito de mesas redondas regulares, corporações e países formulam tarefas que podem ser resolvidas com a ajuda de tecnologias de Blockchain. Em seguida, para executar essas tarefas, hackathons são organizados, onde equipes do mundo inteiro podem mostrar o melhor deles, e, com a execução bem-sucedida de tarefas, iniciar uma cooperação com grandes clientes”, disse ele.

Segundo os representantes da organização, o projeto permitirá que o mercado criptomonetário saia das sombras e que as tecnologias de Blockchain se tornem mais acessíveis a um grande número de pessoas e sejam aplicadas na economia real para comércio, empréstimos, transferências de dinheiro e investimentos.

Publicidade

Uma das tecnologias úteis que servirá como base para projetos nas embaixadas será o algoritmo da stablecoin decentralizada XDR.

“No final de 2017, nós conhecemos Lotus Mile: uma espécie de imagem virtual coletiva de uma comunidade anônima de criptógrafos de diferentes países. Ela propôs uma solução para a criação de um novo FMI 2.0 descentralizado, no qual cada país do mundo pode emitir stablecoins globais por meio de um algoritmo aberto”, apontou Yuri Gugnin.

Ele também acrescentou que o XDR, como o Bitcoin, não tem nem autor, nem dono, nem ICO, e nem emissor único, e isso o torna uma ferramenta realmente gratuita para armazenar e transferir valores.

A primeira embaixada foi aberta em 7 de setembro, em Seul (Coréia do Sul). Mais embaixadas seguirão na Índia, China, Japão, EUA, Suíça e espaços de RV.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment