Acapulco: Roger Ver aposta contra SegWit

Roger Ver desafiou o painelista Tone Vays a uma aposta sobre as perspectivas de implantação do Segregated Witness,

Publicado em 4 de março de 2017 por

A cidade de Acapulco, na praia, recentemente foi palco de um debate sobre a escala da rede Bitcoin, e viu momentos pessoalmente carregados no meio da discussão.

Hoje em dia, sempre que houver uma conferência Bitcoin, haverá inevitavelmente um debate de escala. A Cryptopulco, o encontro temático de criptocorrência localizado no centro de conferências Mundo Imperial, em Acapulco, no México, e hospedado no quarto dia da conferência anarco-capitalista de Anarchapulco, não foi exceção.

No evento, palestrantes e palestrantes falaram sobre o uso da moeda digital como um meio de auto-soberania e uma solução para a censura monetária.

Entre os destaques: o investidor Roger Ver desafiou o painelista Tone Vays a uma aposta sobre as perspectivas de implantação do Segregated Witness, uma atualização da rede Bitcoin apresentada pela comunidade de desenvolvimento Bitcoin Core. Seus comentários vieram durante o “painel de Satoshi”, integrado por Tone Vays, de Rick Falkvinge, de Bruce Fenton e Joby Weeks.

Roger Ver, que supostamente seria um painelista, não estava presente quando o evento começou, mas agarrou um microfone e disparou para Vays:

“Eu estou disposto a apostar qualquer quantia que SegWit não vai ativar. Você gostaria de apostar comigo? US$ 1.000 … US$ 10.000, aposta de cavalheiros, que SegWit não será ativado”, disse Ver. “Eu não estou dizendo que a tecnologia está errada, só que ela não vai ser ativada.”

Em outra parte da conversa, Vays apontou Bitcoin Unlimited, uma implementação de Bitcoin alternativa que visa aumentar o tamanho dos blocos de transação da rede, entre outras mudanças.

“Eu digo isso, se o Bitcoin Unlimited se tornar o fork dominante do Bitcoin, então eu me retirarei da vida pública”, disse Vays. “Não venderei meus Bitcoins, mas remover-me-ei como um orador público.”

Mais tarde, Fenton afirmou que o consenso de 95% de nós – o limite necessário para a adoção da rede do SegWit – será extremamente difícil de atingir, se não impossível.

“Se eu prometesse dar a todos neste salão de conferências 1 Bitcoin livre se eles me encontrarem fora depois deste painel”, disse ele. “Tenho certeza de que menos de 95% de vocês aparecerão, 95% em qualquer coisa, mesmo entre pessoas com a mesma opinião, é muito difícil”.

 

Thiago
Thiago é co-fundador e o suporte técnico, famoso faz-tudo, por trás do BTCSoul. Para ele o interesse nas criptomoedas, Blockchain e Bitcoin se encontra também em seu código.

Leave a Comment