Acordo entre MAS e ASBA abre espaço para FinTech

A Autoridade Monetária de Cingapura (MAS) e a Associação de Supervisores de Bancos das Américas (ASBA) assinaram um Memorando de Entendimento (MOU) para fortalecer os laços FinTech entre Cingapura e as Américas.

Publicado em 13 de junho de 2017 por

No dia 9 de junho de 2017, A Autoridade Monetária de Cingapura (MAS) e a Associação de Supervisores de Bancos das Américas (ASBA) assinaram um Memorando de Entendimento (MOU) para fortalecer os laços FinTech entre Cingapura e as Américas.

O MOU fornece um quadro para a cooperação FinTech entre os países membros de Cingapura e do ASBA. Sob a estrutura, ambas as partes podem explorar potenciais projetos de inovação conjunta em tecnologias como blockchain, dados e outras inovações.

Publicidade

Publicidade

O MAS e o ABSA também facilitarão as discussões sobre questões de interesse mútuo, como as tendências emergentes de FinTech e outras questões pertinentes sobre serviços financeiros inovadores.

O Sr. Sopnendu Mohanty, Diretor de FinTech da MAS, disse:

“A FinTech é fundamentalmente sobre ideias e empresas que trafegam entre as cidades. Para que isso ocorra da melhor forma possível devemos reunir uma série de partes interessadas. Este MOU incorpora a resolução do MAS e da ASBA na aceleração do crescimento da FinTech nas respectivas regiões, através de uma maior colaboração e intercâmbio entre nossos respectivos ecossistemas de FinTech”.

Publicidade

Publicidade

Por sua vez, o Sr. Rudy Araujo, secretário-geral da ASBA, comentou que as “FinTechs mudarão progressivamente o ecossistema financeiro da região. Esta mudança deverá ocorrer em um ambiente caracterizado por uma ampla concorrência, transparência, gerenciamento de risco centrado no cliente. Assim, ao unir os esforços com o MAS, esperamos apoiar o desenvolvimento de um quadro regulatório e de supervisão que, embora apoie a estabilidade financeira, nutra a inovação e promova a transparência do mercado e uma conduta adequada”.

Vários acordos

Cingapura vem tecendo vários acordos de FinTech, melhorando assim seu ecossistema. Em outubro, a Autoridade Monetária de Cingapura (MAS) e a Comissão de Serviços Financeiros da Coréia (KFSC) se uniram para explorar o desenvolvimento de blockchain e FinTech na Coréia do Sul e Cingapura.

No mês março, o MAS assinou um pacto com o Mercado Global de Abu Dhabi (ADGM) para desenvolver e nutrir inovações, e empreendedores, de FinTech em ambos os países. Seguiram-se as parcerias entre a MAS e a Agência de Serviços Financeiros do Japão (FSA) e vários reguladores franceses para impulsionar os laços de FinTech entre os dois países – França e Cingapura. Eles também fizeram um acordo com a Suíça para a área.

Com todos esses acordos, Cingapura se torna um terreno extremamente fértil para o desenvolvimento das indústrias FinTechs do país.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment