A ACT está recriando o conceito de ONG

O ACT DAO é mais responsivo e eficiente do que as organizações não governamentais (ONGs). A confiança é garantida através de uma governança autônoma, o que significa que nenhuma pessoa controla o destino dos muitos.

Publicado em 18 de julho de 2017 por

A ACT, uma plataforma de ação social baseada na blockchain Ethereum, é alimentada por contratos inteligentes, que facilitam a criação de uma proposta descentralizada e sistema de votação.

O ACT DAO é mais responsivo e eficiente do que as organizações não governamentais (ONGs). A confiança é garantida através de uma governança autônoma, o que significa que nenhuma pessoa controla o destino dos muitos. De acordo com o fundador da ACT, Fraser Brown da Irlanda do Norte:

Publicidade

Publicidade

“O ACT não é uma variante do modelo de ONGs – ele é uma recriação do conceito da mesma”.

O ACT é sobre nós, como cidadãos, adotando nossos desafios globais compartilhados. Ele oferece a capacidade de agregar nossos recursos para mudar tudo. Contratos inteligentes substituem pessoas fora de alcance que dominam a tomada de decisões das ONGs.

O ACT financiará mudanças a qualquer velocidade e em qualquer escala. O ACT não tem medo de lidar com os maiores desafios porque não pode ser interrompido – é uma organização autônoma descentralizada.

Essa visão só é possível através da capacidade de resposta oferecida pela descentralização, a eficiência dos contratos inteligentes e a confiança proporcionada pela governança autônoma.

Publicidade

Publicidade

O ACT pode ser descrito como uma versão do Change.org ou da Avaaz que financia a ação como sua função central em vez de procurar assinaturas para petições online.

Apesar da presença de muitos modelos de crowdfunding, como Kiva, GoFundMe e Kickstarter, as comunidades necessitadas enfrentam muitos obstáculos, como custos de transação, insuficiências bancárias, risco cambial e o número de etapas envolvidas na maioria dos processos centralizados.

Em contraste, o ACT paga propostas avaliadas pelo curador de forma instantânea e direta. O novo modelo único da ACT para crowdfunding também garante segurança e transparência através da Blockchain Ethereum.

Pense sobre as pessoas que desejam doar dinheiro para causas. Eles poderiam dar US$ 10 para um coletor de fundos na rua ou numa campanha online, ou talvez eles sejam tentados a por um anúncio e façam uma doação “sensacional”.

Muitas vezes, eles são contatados por telefone ou e-mail e cercados constantemente por sistemas de “conversão de vendas” cada vez mais eficientes. Todo o tempo, eles acabam suspeitando que a maior parte do que eles doam não vai chegar a quem realmente precisa. E em muitos casos, eles estão certos.

Pense também nas comunidades ou indivíduos na linha de frente das campanhas para impulsionar a mudança. Como eles obtêm recursos? Muitas vezes, eles escrevem centenas de propostas e talvez recebam uma ou duas respostas em meses de espera.

Mesmo que sejam bem-sucedidos, eles geralmente têm que fazer muitos malabarismos para satisfazer um comitê após o outro para obter uma “assinatura”. Este modelo nunca conduzirá a extensão ou a velocidade da mudança que precisamos fazer acontecer.

De acordo com Brown:

“A mudança é normalmente conduzida pelas próprias comunidades. Essas comunidades precisam de um apoio financeiro real e é isso que o ACT pode oferecer em qualquer escala, sem obstáculos, e a um ritmo adequado aos desafios enfrentados”.

Os usuários em todo o mundo financiam o ACT comprando votos. Uma vez que as propostas de qualidade passaram pelo sistema de triagem, os apoiantes são notificados através do seu aplicativo de smartphone e podem votar.

A proposta é financiada a partir dos fundos comuns por um contrato inteligente, uma vez que o quorum dos votos “sim” é atingido. 15% dos fundos comuns são distribuídos aos curadores da proposta por um contrato inteligente onde um algoritmo avalia o esforço do curador. Desta forma, a plataforma promove inerentemente a qualidade da proposta.

O sistema descentralizado de confiança e cura da ACT usa contratos inteligentes, o que significa essencialmente que o código tome decisões consistentes e justas. Isso cria confiança entre os criadores de propostas e as pessoas que financiam a plataforma porque todos sabem que não há uma pessoa ou organização centralizada no meio.

A equipe do ACT quer que o projeto se torne sobre mudanças reais o mais rápido possível. Nesse momento, o time do ACT já está em discussões com uma comunidade do País de Gales focada em parar a mineração de carvão aberto e uma instituição de caridade na Bielorrússia focada nos direitos das pessoas com deficiência.

A crowdsale da ACT está atualmente ao vivo na plataforma WINGS.ai, onde uma comunidade de investidores criptográficos está avaliando o projeto. A previsão mediana é de que o ACT levante em sua pré-ICO algo em torno de 15000 ETH. Sobre este emocionante desenvolvimento, Boris Povod, presidente do WINGS Foundation Council, disse:

“O ACT é um conceito verdadeiramente inovador no espaço de criptografia focado no bem social. Criamos a WINGS para permitir que pessoas de todo o mundo valorizem e promovam projetos em que acreditam e estão entusiasmados por ter uma equipe tão forte e robusta como a do ACT e seu parceiro Draglet GmbH que foi apresentado à comunidade WINGS “.

O diretor de operações do projeto, Ian Cunningham resume o que o ACT significa para o setor sem fins lucrativos:

“Sem autoridade centralizada, esse modelo literalmente torna as entidades ONGs como as conhecemos desnecessárias, mantendo tudo o que é bom sobre a ideia delas”.

A missão do ACT é impulsionar a mudança global ao apoiar a ação do cidadão. Fazendo isso através de uma plataforma confiável, transparente e descentralizada aberta aos cidadãos em todo o mundo. Para saber mais sobre o projeto ou investir em sua pré-ICO acesse o site.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment