As blockchains cada vez mais tomam o controle do mercado global e, diante desse novo panorama, as pequenas e medias empresas devem começar a se preparar para a adoção da tecnologia.

O Alibaba, gigante chinês da internet, e a IBM, gigante americana tecnológica, estão liderando o número de patentes emitidas relacionadas à tecnologia de Blockchain. Isso foi relatado pela CoinDesk com referências ao relatório da iPR Daily referente a propriedade intelectual.

Em seu estudo, a iPR Daily se baseou em dados de patentes da China, EUA, Europa, Japão e Coréia do Sul, bem como da World Intellectual Property Organization (WIPO).

De acordo com o relatório, o Alibaba é o primeiro do ranking, com 90 patentes registradas. A segunda posição pertence à IBM, com 89 pedidos. O terceiro lugar é ocupado pela Mastercad, com 80 patentes. Em quarto, quem se classifica é o conglomerado financeiro Bank of America, com 53 projetos.

O Banco Popular da China (PBoC) é a organização que fecha os 5 primeiro lugares no campo de patentes de Blockchain. Em 44 pedidos de patentes, o regulador financeiro descreve as soluções para as moedas emitidas pelo PBoC. Vale notar que o laboratório de criptomoedas do Banco Central Chinês emitiu 40 patentes em 12 meses.

A lista da iPR Daily também inclui as companhias: Tencent, Accenture, Ping Na Insurance, Bitmain, Intel, Visa, Sony e Google. Cada organização possui pelo menos 20 pedidos registrados de patentes.

Ainda no contexto da notícia acima veiculada, lembramos que anteriormente relatamos que de acordo com pesquisa da PricewaterhouseCoopers (PwC), apenas um quarto das empresas do mundo usam soluções baseadas na tecnologia de Blockchain.