Ambrosus – ecosssistema para rastreamento de produtos

Vale apontar que mesmo antes da venda pública, o projeto Ambrosus já contou com uma ajuda financeira de mais de 30 milhões de dólares do governo de Cantão de Vaud na Suíça, com o propósito de integrar a tecnologia blockchain, contratos inteligentes e sensores de ponta para melhorar as cadeias de fornecimento globais e capacitar os consumidores com o conhecimento de onde os produtos são originários e se eles são o que eles afirmam ser.

Publicado em 10 de agosto de 2018 por

Ambrosus

A Ambrosus é um ecossistema que usa tecnologia blockchain e loT para rastrear produtos durante toda trajetória de fornecimento, garantindo assim qualidade e segurança para os consumidores. A intenção é de que os consumidores possam ter informações completas a respeito do produto que estão comprando. Além disso, a partir dessas informações é possível gerar um contrato inteligente mais eficiente entre comprador e vendedor.

A empresa do CEO Angel Versetti, ex-funcionário da ONU e do Fórum de Recursos do Mundo, tem sede na Suíça e foi fundada em julho de 2017 . De acordo com seu White Paper, a ideia é gerar uma combinação de sensores e/ou biossensores que sejam capazes de avaliar os fatores físicos e o ambiente do produto para cada unidade individual. A partir daí, cada produto pode então receber uma espécie de identidade própria, para que possa ser rastreado em toda cadeia que o leva desde o produtor até o consumidor. As informações do produto serão anexadas ao contrato inteligente, mantidos em blockchain, e viajarão com o produto por toda rota.

Pós ICO

Os desenvolvedores da Ambrosus estão em constante processo de pesquisa e melhoria da rede. Recentemente, por meio do canal de notícias da Ambrosus no Reddit, a empresa noticiou o lançamento de um projeto piloto para cadeia de suprimentos de carne.

Além de notícias de novos projetos e melhorias em projetos antigos, através do canal é possível acompanhar a agenda da equipe, que tem feito parte de inúmeros eventos pelo mundo.

Tokens Ambrosus

A rede Ambrosus funciona parcialmente sob o blockchain Ethereum e usa como token principal o nativo Amber (AMB). O AMB é um token ERC20 de banco de dados, que liga as informações ao blockchain e ao contrato inteligente. A medida que o item se move pela cadeia de suprimentos a quantidade de AMB colocada no token original é dividida proporcionalmente ao processo ou transformação.

Os tokens mantém as leituras e são bloqueados no contrato inteligente até que produto chegue ao consumidor ou tenha atingido o prazo para expiração.

Dentro da rede, os fornecedores pagam para usar o sistema comprando tokens e os consumidores são recompensados por usarem o sistema. Os tokens AMB podem ser convertidos em moeda fiduciária.

AMB no mercado

Os tokens AMB trilharam no mercado um caminho interessante, não necessariamente positivo. Após o lançamento, o valor do token flutuou constantemente abaixo do US$ 0,3 por alguns dias. Porém, em um dia contemplou um movimento fortíssimo de alta e chegou a ser negociado, no dia 17 de novembro de 2017, por US$ 31,40. Este foi o maior pico da moeda.

No entanto, após a alta repentina e explosiva, o token despencou e voltou ao antigo patamar, sendo negociado por cerca de US$ 0,2/ US$ 0,3. Apesar de alguns leves movimento de alta, o token não voltou mais maior patamar atingido. De acordo com informações do CoinMarketCap, de seu maior valor até o momento dessa redação (US$ 0,2730), o valor caiu cerca de 99%.

No entanto, numa análise de espaço de tempo menor, o token tem trilhado um caminho positivo acumulando alta de cerca de 9%.

Onde comprar os token AMB

De acordo com informações do CoinMarketCap, de um fornecimento total de 361.477.438 tokens AMB, estão em circulação 144.590.975. O AMB pode ser negociado principalmente Binance, Kucoin e Mercatox que concentram maior das negociações.

É possível conferir uma lista mais detalhada das exchanges e dos negócios da moeda através do link: https://coinmarketcap.com/pt-br/currencies/amber/#markets

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment