AML Bitcoin conversa com representantes da Estônia e Eslovênia

AML BITCOIN

Publicado em 17 de novembro de 2017 por

Nesta semana, Marcus Andrade, o criador da revolucionária criptomoeda AML BitCoin e CEO da NAC Foundation, teve encontros com oficiais Eslovenos e Estônios para discutir usos potenciais e vantagens que sua plataforma pendente de patente baseada em Blockchain oferece aos respectivos governos.

As negociações na Estônia coincidiram com o EU Digital Summit em Tallinn. De acordo com Andrade, ele teve conversas muito encorajadoras com a equipe e-Residency Estônia; seu condado tem considerado emitir sua própria moeda digital, o ESTcoin.

Publicidade

Publicidade

As conversas – que envolveram numerosos legisladores estônios, incluindo Kalle Palling, um parlamentarista chave no que se refere à introdução do comércio digital – também tocou no intenso interesse que o governo de vários países expressou referente a trabalhar com o AML BitCoin, visto por eles como a solução para a vulnerabilidades e problemas de segurança do Bitcoin original.

“Diferente do Bitcoin original, os AML BitCoin é designado às questões de lavagem de dinheiro (AML – anti-money laundering)  e KYC (Know Your Client). Nós desenvolvemos o AML BitCoin para encontrar a mais estrita segurança bancária e de regulações, o que torna nossa criptomoeda ideal para o mercado mainstream, juntamente às opções de pagamento tradicionais”, disse Andrade.

Na Eslovênia, Andrade se encontrou com Boris Koprivnikar, o Vice Primeiro Ministro e Ministro da Administração Pública. Koprivnikar expressou seu suporte à Blockchain como a tecnologia do futuro e perguntou a Andrade sobre o potencial de uma aplicação mais ampla das capacidades de identificação do AML BitCoin. O Ministro Koprivnikar é um forte defensor de inovações na administração pública.

Publicidade

Publicidade

“O AML BitCoin oferece um conjunto único de vantagens de identificação do usuário. Nós desenvolvemos sofisticados métodos de verificação, o que inclui uma identificação biométrica pendente de patente. Essa é nossa tecnologia registrada – algo de que nenhuma outra criptomoeda ou plataforma de tecnologia financeira pode se gabar. Isso torna nossa solução perfeitamente adequada ao uso por governos que desejem digitalizar seus serviços e ao mesmo tempo, proteger a identidade de seus usuários”, explicou Andrade.

O encontro com o Ministro Kprivnikar foi muito produtivo, com o Ministro confirmando o otimisto de sua agência sobre a nova criptomoeda. O Sr. Andrade também se reuniu com legisladores eslovenos, incluindo o Vice Matej Tonin, um dos representantes de lobbying para a regulação da cibersegurança que questionou Andrade sobre a abordagem de outros governos na legalização da Blockchain e outras moedas digitais.

“Vários países expressaram recentemente sua oposição a criptomoedas e ativos digitais, tais como o Bitcoin, pois eles acreditam que sua anonimidade inerente abre a porta para sistemas financeiros criminosos e terroristas. O Congresso dos Estados Unidos está atualmente debatendo a legislação para banir o uso de criptomoedas anônimas não conformadas ao AML pelo mercado dos EUA”, ofereceu Andrade.

Os encontros se encerraram com Andrade e suas contrapartes da Estônia e Eslovênia – dois países na linha de frente da exploração de tecnologia da União Européia – expressando seu interesse em colaborações futuras. A NAC Foundation espera que esses dois países decidam se juntar a outros governos nacionais na introdução do protegido e seguro AML BitCoin em seus sistemas financeiros.

 

Thiago
Thiago é co-fundador e o suporte técnico, famoso faz-tudo, por trás do BTCSoul. Para ele o interesse nas criptomoedas, Blockchain e Bitcoin se encontra também em seu código.

Leave a Comment