Análise do preço do “todo poderoso” Bitcoin

Analise do preço do Bitcoin: o que esperar depois de um novo recorde do preço

Publicado em 14 de agosto de 2017 por

Ontem, 13 de agosto, o preço do Bitcoin superou a marca psicológica de US$ 4.000. Será que a onda de otimismo na véspera do SegWit vai continuar mantendo esses preços?

Mais uma semana, mais um recorde – o Bitcoin chegou a US$ 4.000, com um máximo na região de US$ 4.200. Essa nova rodada de crescimento parece estar associada ao aumento da atividade comercial na região asiática. Assim, de acordo com o CryptoCompare, o Iene japonês detém um sólido volume 46% do total do comércio mundial, o Yuan chinês e o Won coreano ocupam cerca de 12%. Já as contas em Dólares norte-americanos figuram em apenas 25% do total do comércio mundial do Bitcoin.

Publicidade

Publicidade

Os mineiros também têm suas próprias versões, alegando que a Bitmain, empresa que vende equipamentos para mineração, recentemente teve recorde de vendas na casa de milhões de dólares. O pagamento da gigante industrial chinesa foi feito em moeda criptográfica, como resultado, a ação dos compradores criou certa excitação que influenciou o preço.

O gráfico semanal, até agora ainda fala sobre a força dos touros e, isso significa que, vai ser muito difícil desdobrar o preço e ter uma correção:

Análise do preço do “todo poderoso” Bitcoin. BTCSoul.com

Publicidade

Publicidade

No entanto, comprar na situação atual pode ser muito arriscado. Preste atenção ao volume, você poderá perceber que esse movimento recorde ocorreu em pequenos volumes. E, em sua maior, parte eles têm diminuído nos últimos 10 dias (se não levar em conta rajadas individuais). No gráfico, existem 5 explosões de volume semelhante à de ontem.

Análise do preço do “todo poderoso” Bitcoin. BTCSoul.com

Houve explosões de volume no Bitcoin, após o qual o mercado se desenrolava, ou, pelo menos, parava de se mover em direção ao movimento anterior.

Da última vez, nós afirmamos que é difícil analisar o preço de qualquer instrumento quando se supera novos valores máximos e não há simplesmente nada para navegar.

Portanto, assumimos que muitos investidores e comerciantes serão guiado pelas previsões de preços feitas por grandes empresas. Assim, a Goldman Sachs previu um preço para o Bitcoin em US$ 4000. Então, muitos, depois de esperar por este preço, provavelmente começaram a corrigir suas posições, o que claramente é observado no grande aumento de volume de ontem.

No entanto, se você é um investidor de longo prazo, acreditamos não ser recomendado fazer um grande número de “movimentos”, fazer vendas, visando comprar novamente quando cair. Muitos o fizeram na queda de junho para US$ 2.000 e, simplesmente, não tiveram tempo de recomprar.

Se você é um investidor de longo prazo, recomendamos fazer o menor número de transações desnecessárias quanto possível com a parte principal de seus Bitcoins. Se você for entrar com novos volumes de compra, então faz sentido olhar alguns pontos mais favoráveis de entrada.

Com um volume maior de transações, o mais provável é ser enganado. Muitos estão falando agora sobre aumento da instabilidade nos mercados de ações dos EUA e do resto do mundo. Os investidores vão olhar para os mercados e ativos (agora o ouro é tal ativo) mais protegidos, mas cada vez mais investidores irão prestar atenção no Bitcoin e outras criptomoedas, então vale a pena monitorar cuidadosamente os humores e levantamentos de crédito dos maiores mercados de ações (o último pode provocar a fuga de capitais e o crescimento dos ativos criptográficos). Mesmo 1% do capital transferido de bolsas de valores dará crescimento impulso para as principais moedas e a oportunidade de ver o Bitcoin batendo US$ 5/7/10 mil.

O gráfico diário mostra como, em cerca de uma semana, o preço consolidou ao redor da borda superior do canal (oval amarelo no gráfico), mas sem entrar em correção, seguindo para um novo hype.

Análise do preço do “todo poderoso” Bitcoin. BTCSoul.com

BTC/USD, Diário

De figuras mais ou menos potencialmente interessantes, vale a pena observar a formação de suporte no gráfico horário e de meia em meia hora com o limite inferior na região de US$ 3900-3950 e a formação de um triângulo. Normalmente, grandes movimentos começam com a formação de figuras em pequenos intervalos de tempo e, em seguida, tudo isso se desenvolve em um movimento interessante.

Deve-se observar a quebra do triângulo em uma ou outra direção: a quebra do limite inferior poderia dirigir o preço para a área de US$ 3.600, a repartição do superior para a região de US$ 4.500.

Análise do preço do “todo poderoso” Bitcoin. BTCSoul.com

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment