Análise de preço do Bitcoin: por que o declínio acentuado segue?

Análise do preço da Bitcoin: a tempestade perfeita

Publicado em 4 de setembro de 2017 por

A semana passada foi marcada pela abordagem do preço da Primeira moeda digital à marca psicológica de US$ 5.000 e a posterior correção. Essa semana, falaremos sobre possíveis cenários e novos movimentos do Bitcoin.

Na última revisão, escrevemos que, se ele rompesse a marca de US$ 4.500, aguardaríamos o preço em torno de US$ 5.000. Então, isso aconteceu, embora o preço ficasse nessa marca por um curto período de tempo. Mas, o que aconteceu depois e por que um declínio acentuado se seguiu? Dois fatores principais contribuíram para isso:

Publicidade

Publicidade

  • A fixação de posições longas por investidores e especuladores. Um nível psicológico redondo, perto do qual muitos emitiram ordens de fechamento. Também é bem possível que alguns grandes players tenham decidido fazer uma venda de volume (novamente, confiando na psicologia da multidão e um nível de preço redondo).
  • Vendas realizadas pela corretora BTC-e figuraram grande volume de Bitcoins e Ethereum. Certamente, muitos ouviram que a corretora prometeu pagar até 55% de todas as dívidas para aqueles que desejam deixar de operar pela plataforma e essa liberação está sendo realizada por esses dias. Isso teria sido feito para cobrir a dívida não só com os detentores de ativos criptográficos, mas também com os de moedas fiduciárias. Por conseguinte, por parte da BTC-e, em muitas corretoras, acordos de milhões de dólares podem agora estar ativos. Se é assim ou não, nunca saberemos. No entanto, isso pode ser julgado por evidências indiretas. Por exemplo, o curso irá inevitavelmente refletir o desejo de muitos investidores de vender Bitcoins e “e retornar às moedas físicas” (cobrindo parcialmente suas perdas em dólares, estabelecidas na BTC-e). Se isso acontecer, o preço do Bitcoin deve cair ainda mais.

O que pode ser uma correção e o que os investidores de longo prazo devem fazer? O recomendado, como sempre, é não se desesperar. Agora, a comunidade precisa se acostumar com a nova ordem dos números (no momento as pessoas estão acostumadas com valores em torno de US$ 3.000 a U$$ 4.000, é preciso esperar que elas agora se acostumem a novos valores algo em torno da casa dos US$ 5.000). Espera-se que a situação da BTC-e se acalme, assim, as vendas maciças de Bitcoin e Ethereum acabarão, o mercado começará a crescer novamente (talvez até impulsivamente – depois de passar a marca de US$ 5.000, acredita-se que US$ 7.000 será a próxima marca e imediatamente depois a de US$ 10.000 não estará muito longe).

Esta semana, um declínio é bastante possível ao nível de US$ 4000 (23,6% do crescimento anterior), para 38,2% na área de US$ 3800 é improvável. Em qualquer caso, o planejamento atual é um retorno suave na área de $ 5.000.

Análise de preço do Bitcoin: por que o declínio acentuado segue? BTCSoul.com

Publicidade

Publicidade

Gráfico de 4 horas BTC/USD com níveis de Fibo impostos

O gráfico diário está muito semelhante ao do meio de agosto, quando também houve um ajuste acentuado de + ou – 20% do nível previsto de US$ 4.500.

Análise de preço do Bitcoin: por que o declínio acentuado segue? BTCSoul.com

BTC/USD, diariamente

O gráfico semanal indica uma tentativa fracassada de quebrar a barreira dos US$ 5.000 pelos touros e a força dos ursos, mas não é esperada uma correção global – um máximo de uma ou duas “caudas” que compram rapidamente e então iremos para novas alturas.

Análise de preço do Bitcoin: por que o declínio acentuado segue? BTCSoul.com

BTC/USD, semanal

Ethereum

A situação Ethereum é um espelho da do Bitcoin. Havia uma fixação de posições

perto do nível psicológico redondo, além do mercado poderia “espremer” a venda provável de grandes volumes de ETH por parte da BTC-e. Além disso, outro grande impacto foi a notícia da manhã sobre a China, que proibiu a realização de ICOs. Talvez, pessoas relacionadas com o governo chinês tenham sabido sobre isso um pouco mais cedo.

Se você olhar para o gráfico, a situação é semelhante a meados de junho, quando um doji semanal se formou (uma forte tendência de inversão da tendência atual) e o mercado diminuiu 70%. Agora, o gráfico apresenta quase o mesmo doji, com uma sombra um pouco menor. No entanto, acreditamos que, como Bitcoin, o Ethereum irá encontrar um suporte rápido e crescer sem problemas.

No futuro próximo, não acreditamos que ele caia abaixo de US$ 277. Estamos na terceira onda de crescimento global e devemos superar a alta de junho.

Análise de preço do Bitcoin: por que o declínio acentuado segue? BTCSoul.com

ETH/USD, semanal

Em muitos mercados financeiros, o outono do hemisfério norte é acompanhado pelo crescimento. Uma vez que um grande número de pessoas, que estão começando a investir ou a remodelar suas carteiras, retornam ao trabalho ativo após os feriados. Espera-se que isso afete o mercado de criptomoedas de forma positiva.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment