Analista da Fundstrat indica provável data de retomada do crescimento do preço do Bitcoin

A agência analítica Fundstrat Global Advisors LLC publicou um relatório sobre a dinâmica da indústria de mineração de Bitcoin. Especialistas da organização chegaram à conclusão de que o ponto de equilíbrio da mineração é um nível de suporte confiável e de longo prazo para o preço da Primeira Moeda.

Publicado em 7 de Abril de 2018 por

A aproximação da data da última apresentação de declarações fiscais está tendo um impacto negativo no preço do Bitcoin, mas depois de 15 de abril, a situação pode mudar. Isso foi afirmado em um comentário deixado para a Bloomberg pelo analista da Fundstrat Global Advisors, Tom Lee.

Segundo Lee, em sua carta aos investidores na quinta-feira, ele escreveu, em particular, que os traders americanos estão devendo ao Estado cerca de US$25 bilhões em impostos das receitas que receberam como resultado de operações com criptomoedas.

“Acreditamos que a pressão [sobre o preço do Bitcoin] é criada pelas corretoras de criptomoeda, que devem pagar um imposto sobre lucros segundo a jurisdição americana. O lucro líquido de muitas corretoras para o ano de 2017 supera US$1 bilhão, enquanto seus ativos atuais estão concentrados em criptomoedas (Bitcoin e Ethereum), e não em dólares. Isso significa que, para cumprir suas obrigações fiscais, eles estão vendendo criptomoedas”, disse Tom Lee.

Ele acrescentou que as estimativas históricas indicam que a saída de cada dólar é refletida por uma queda na capitalização de US$20 – 25.

Em meados de março, Tom Lee alegou que o declínio nos preços do Bitcoin e outras criptomoedas deve continuar no futuro previsível. Em sua opinião, notícias sobre o fortalecimento da regulamentação, bem como as decisões das principais redes sociais sobre a proibição da publicidade de criptomoedas e ofertas primárias, têm um grande impacto no mercado.

Apesar disso, o analista afirmou repetidamente que até o final de 2018, o Bitcoin provavelmente atingirá novas marcas históricas.

A partir das 8h da sexta-feira, 6 de abril, a taxa média ponderada do Bitcoin foi de US$6.630 – nas últimas 24 horas, a Primeira Moeda perdeu um pouco mais de 3%, enquanto para o período de 7 dias esse marcador chegou a 5,5%.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment