Analista Goldman Sachs: antes de US$ 4,000 o Bitcoin ainda terá uma profunda correção

A Goldman Sachs não exclui o lançamento de uma nova opção de negociação destinada ao Bitcoin e outras moedas digitais. Como resultado, o banco americano pode se tornar o primeiro representante de Wall Street a entrar diretamente no mercado de criptomoedas

Publicado em 4 de julho de 2017 por

O gerente de estratégias técnicas da Goldman Sachs, Sheba Jafari, acredita que a correção do Bitcoin ainda não terminou e, antes de atingir a faixa de US$ 3.212 e pular para US$ 3.915, a Primeira Moeda Digital atingirá um nível mais baixo de US$ 1.857. Isso foi publicado na revista ForkLog.

De acordo com Jafari, o Bitcoin está agora na 4ª onda correcional [Onda de Elliot] e seu preço provavelmente não cairá abaixo da marca de US$ 1.857. Assim, a profundidade dessa correção será superior a 25% do valor de seu preço atual.

Publicidade

Publicidade

Referindo-se à teoria das ondas de Elliott, Jafari acredita que o Bitcoin inevitavelmente terá que enfrentar a quinta onda, durante a qual o preço da moeda criptográfica alcançará valores recordes.

“Com base nos níveis atuais, o valor mínimo esperado é de US$ 3,212”, escreve Jafari. “Existe um potencial para atingir uma marca de US$3.915, mas isso Pode levar algum tempo”.

Publicidade

Publicidade

Atualmente, a capitalização de mercado do Bitcoin é de aproximadamente US$ 42 bilhões. Se a previsão de “ouro digital” da Jafari for justificada, com um valor de US$ 3.915, a capitalização de mercado do Bitcoin excederá US$ 60 bilhões.

Anteriormente, o bilionário Mark Cuban pediu para as pessoas observarem com extrema cautela ao investir em Bitcoin e compará-lo com uma “bolha financeira”. No entanto, logo após sua declaração ressonante, Cuban anunciou o lançamento de uma ICO de moeda criptográfica.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment