Preço Criptomoedas 04/12/2018

No último dia de 2018, o mercado das criptos está relativamente estável. Durante um ano muito conturbado as criptomoedas – mesmo grandes como Bitcoin, Ethereum, Ripple, e outras de grande capitalização -experimentaram a maior volatilidade da história e, ao mesmo tempo, passaram por algumas das piores quedas dos últimos anos.

O Bitcoin não parou de desvalorizar e teve a sua maior baixa da história, caindo de praticamente US$ 20 mil (do final de 2017) para US$ 3.200 no último mês. Todas as previsões de que o preço da primeira moeda iria liderar a recuperação não se concretizaram e, agora, é evidente que o BTC fechará abaixo dos US$ 4 mil nesse ano.

A capitalização total de mercado tem aumentado de forma constante a partir das baixas ocorridas, que o colocaram a até menos de US$100 bilhões em 2018. Dezembro experimentou muitas subidas e quedas bruscas, tendências conflitantes e até mesmo, por quê não, a espirais nos gráficos. Contudo, as criptomoedas não conseguiram manter o valor de mercado conjunto acima de US$ 140 bilhões,  e mais, pelo menos US$ 2 bilhões foram perdidos desde ontem, de US$ 130 bilhões para os atuais US$ 128 bilhões.

Panorama do Ethereum

O Ethereum (ETH) manteve a segunda posição no mercado por um longo tempo, perdendo apenas para o Bitcoin (BTC). O que significava que ela era a maior altcoin do mercado, uma posição que atualmente é mantida pela Ripple (XRP).

A Ripple reduziu significativamente os declínios nos últimos três meses em comparação com os ativos Bitcoin e o próprio Ethereum. O preço cada vez menor do Ethereum deu a XRP a energia necessária para combater e se tornar o segundo maior ativo digital do mundo.

Contudo, é provável que essa situação mude no primeiro trimestre de 2019. Aparentemente, o par ETH/USD está se preparando para retomar sua posição e ganhar um novo fôlego após a tão esperada atualização do hardfork Constantinople.

Nesse exato momento, o Ethereum está se aproximando do XRP da Ripple em termos de limite de mercado. Atualmente, o ETH está atualmente em torno de US$ 14,22 bilhões, enquanto a XRP está se mantendo em US$ 14,68 bilhões. Caso o Ethereum continue a receber suporte devido à atualização iminente da rede, em breve poderemos ver o ativo de volta a sua segunda posição

Além disso, recentemente o co-fundador da rede, Joseph Lubin, disse à comunidade que o “céu não está caindo” e que a rede está no caminho certo quando se trata de desenvolvimento.