A auditoria interna de uma das maiores corretoras de criptomoedas da Coréia do Sul, a UPbit, não revelou nenhuma falsificação na gestão da corretora ou manipulação de contas de usuários.

A auditoria interna de uma das maiores corretoras de criptomoedas da Coréia do Sul, a UPbit, não revelou nenhuma falsificação na gestão da corretora ou manipulação de contas de usuários.

Todos os ativos de segurança declarados da UPbit, de acordo com a auditoria, estão realmente instalados na corretora.

A “Incompreensão” surgiu porque as autoridades sul-coreanas não entenderam o processo de utilização de várias carteiras simultaneamente.

O analista criptográfico e jornalista Joseph Young salientou que a resolução bem-sucedida da situação com a UPbit e a semana de Blockchain em Nova York devem afetar positivamente o mercado criptomonetário.

Em 10 de maio, a Procuradoria do Distrito Sul de Seul visitou a sede da UPbit. Durante a auditoria, discos rígidos de computadores contendo, em particular, dados sobre contas foram apreendidos.