Austrália: Bitcoin será considerado dinheiro pra fins de imposto

A partir do dia 1º de julho desse ano, a Austrália passará a tratar o Bitcoin "como o dinheiro", e a partir dessa data não estará mais sujeito a dupla tributação.

Publicado em 11 de maio de 2017 por

A partir do dia 1º de julho desse ano, a Austrália passará a tratar o Bitcoin “como o dinheiro”, e a partir dessa data não estará mais sujeito a dupla tributação.

Explicando em miúdos, o governo da Austrália declara como parte de seu plano, para atrair mais empresas FinTech e empresas que operam moedas digitais  para o país, que irá garantir que o imposto sobre vendas gerais (GST) será pago mais de uma vez.

“O Governo tornará mais fácil para os novos negócios de moedas digitais operarem na Austrália“, diz o resumo.

“A partir de 1º de julho de 2017, as compras feitas em moeda digital deixarão de estar sujeitas ao GST, permitindo que as moedas digitais sejam tratadas como o dinheiro para fins de GST”. Atualmente, os consumidores que usam moedas digitais podem efetivamente ter que pagar a GST duas vezes: uma vez na compra da moeda digital e mais uma vez em quando usá-la para a compra de outros bens e serviços sujeitos ao GST.

A Austrália tem tido uma relação conturbada no que diz respeito à regulamentação das criptomoedas, ao menos ate agora. A decisão de permitir a dupla tributação originariamente fez com que várias operadoras bem conhecidas abandonassem o país em 2014, enquanto a inovação se atrasou posteriormente em relação aos mercados em que as empresas gozam de maior liberdade.

Melhorando as leis para atrair as FinTechs

Finanças inovadoras envolvendo Blockchain surgiram este ano, no entanto, e o tom do extrato do orçamento aponta para um desejo de mudar o ambiente financeiro da Austrália.

Publicidade

“A inovação impulsionará o crescimento da produtividade na Austrália”, continua. “O governo está empenhado em estabelecer a Austrália como um centro líder de tecnologia financeira global (FinTech) e está anunciando um novo pacote que visa posicionar a indústria de FinTech local como uma líder mundial no ramo”.

Com tudo isso o otimismo das empresas de FinTech está crescendo, o que me leva a pergunta: E o Brasil quando vai acordar para essa oportunidade de investimento em empresas que gerarão emprego e funcionalidades a nosso governo? Tudo que é preciso é abrir espaço para elas e atraí-las com oportunidades, mas aqui só se pensa em roubalheira!

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment