Autoridades de Bahrein criarão sandbox regulatória para corretora Palmex

O Banco Central de Bahrein (CBB) aprovou a criação de uma sandbox regulatória para a corretora de criptomoedas de Dubai, Palmex.

Publicado em 15 de junho de 2018 por

O Banco Central de Bahrein (CBB) aprovou a criação de uma sandbox regulatória para a corretora de criptomoedas de Dubai, Palmex. Isso foi  informa Вitcoin.com.

Criada pela Arabianchain Technology, a corretora Palmex tornou-se a primeira no Oriente Médio e Norte da África (MENA) a receber essa licença.

A plataforma negocia em vários pares de moedas, incluindo BTC, ETH, LTC e XRP, bem como em Dubaicoin (DBIX) – esta última representa a primeira criptomoeda descentralizada da região de MENA.

A Arabianchain Technology Venture Company também está sediada em Dubai, sendo que a Arabianchain é a primeira Blockchain pública na região de MENA.

A licença entra em vigor no dia 15 de julho no âmbito do rigoroso processo de solicitação, durante o qual os sistemas de segurança e proteção dos clientes da corretora são verificados.

“Podemos esperar um significativo aumento na conscientização e adoção de criptomoedas, o que levará a um aumento no número de transações e captação de recursos com base em tokens, mantendo a segurança do sistema financeiro da região”, afirmou o fundador e CEO da Arabianchain, Mohammed Al Dheli.

Uma sandbox regulatória cria um espaço virtual seguro para o desenvolvimento e lançamento de produtos, serviços, plataformas e modelos de negócios em um ambiente controlado. A sua utilização dá tempo às autoridades reguladoras para adaptarem a legislação.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment