Autoridades da Arábia Saudita alerta sobre proibição da negociação em Bitcoin

A Autoridade dos Mercados de Capitais da Arábia Saudita (CMA) apresentará em breve um projeto de lei sobre a regulamentação das criptomoedas. Como o presidente do CMA, Mohammed Elkuwaiz, afirmou em entrevista à Business Insider, a proibição da circulação dos ativos não está nos planos da agência.

Publicado em 14 de agosto de 2018 por

O Comitê Estadual, formado por representantes dos reguladores da Arábia Saudita e outros países do Oriente Médio, emitiu um comunicado alertando sobre a negociação ilegal de criptomoedas. Participantes do comitê citam “consequências negativas e altos riscos para os traders” como motivo para tal.

“O comitê alega que as moedas virtuais, incluindo, mas não limitadas a Bitcoin, são ilegais no reino. Nenhuma organização ou cidadão tem licença para sua negociação”, pontuou, em comunicado, o comitê.

Vale ressaltar que o documento não contém informações sobre quaisquer sanções para traders que violarem a proibição.

O comitê permanente para aumento da conscientização sobre transações com valores mobiliários não registrados nos mercados de operações de conversão inclui representantes dos cinco reguladores dos países do Oriente Médio. Em particular, o comitê incluiu representantes de agencias locais: Agência da Circulação Monetária e o Escritório de Mercado de Capitais.

Sabe-se que a nova estrutura não se destina apenas a supervisionar o mercado de valores mobiliários, como também a informar o serviço relevante dos fatos de trabalho com moedas virtuais, a fim de impedir o acesso público a esses ativos.

Vale notar que no início do ano, surgiram informações a respeito de planos das autoridades da Arábia Saudita de permitir legislativamente a circulação de criptomoedas.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment