O Banco da Rússia não considerará criptomoedas um meio de pagamento ou liquidação. Isto foi afirmado pela primeira vice-presidente do Banco Central da Rússia,

O Banco Central da Federação Russa não permitiu à Bolsa de Valores de Moscou lançar operações de futuros sobre Bitcoin. Isso foi relatado pelo TASS com referência a duas fontes próprias.

“O Banco Central afirmou que a permissão para esta ferramenta não será dada até que o uso de criptomoedas seja legalizado”, diz a agência citando fontes.

De acordo com o interlocutor do TASS, a bolsa de valores de Moscou não poderá lançar tal ferramenta até que o Bitcoin e outros ativos criptográficos sejam regulamentados a nível legislativo.

Os comentários da CBR e da própria bolsa de valores ainda não foram recebidos.

O fato de a bolsa de valores de Moscou querer começar a negociar futuros de Bitcoin, tornou-se conhecido em setembro. O objetivo subjacente, de acordo com a ideia da corretora, era tornar-se um dos índices de Bitcoin – por exemplo, o índice lançado pela Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).