Banco Central da Indonésia: criptomoedas são meios ilegais de pagamento

O Banco Central da Indonésia emitiu um comunicado de imprensa afirmando que as criptomoedas são consideradas meios ilegais de pagamento no país.

Publicado em 16 de Janeiro de 2018 por

O Banco Central da Indonésia emitiu um comunicado de imprensa afirmando que as criptomoedas são consideradas meios ilegais de pagamento no país.

A agência também enfatizou que, de acordo com a legislação atual, apenas a Rúpia da Indonésia pode ser utilizada como meio de pagamento no país. Além disso, o Banco Central da Indonésia ressaltou os altos riscos associados às criptomoedas.

Assim, o departamento acredita que moedas digitais são ativos altamente especulativos e extremamente voláteis cujo valor não é suportado por nada. Os riscos adicionais – os funcionários estão certos – são causados ​​pela falta de controle do regulador central.

“As moedas virtuais estão sujeitas a riscos de criar “bolhas” e podem ser utilizadas para lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo, para que possam afetar a estabilidade do sistema financeiro e infligir danos financeiros à sociedade”, afirmou o Banco Central em comunicado.

Notícias anteriores relatam que o Banco da Indonésia está desenvolvendo regulamentos que imporão a proibição do uso de dinheiro digital para proteger a moeda nacional do país.

Por fim, recordamos que, em outubro, a operação das plataformas criptográficas Toko Bitcoin e Bitbayer foi encerrada. Isso aconteceu pouco depois da recusa do Banco Central da Indonésia em reconhecer o Bitcoin como meio de pagamento.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment