Banco Central da Rússia: se a revolução é inevitável, melhor sair na frente

A tecnologia Blockchain irá encontrar uma aplicação em massa dentro do período de sete a dez anos, disse a vice-presidente do Banco Central da Federação Russa, Olga Skorobogatova.

Publicado em 2 de junho de 2017 por

A tecnologia Blockchain irá encontrar uma aplicação em massa dentro do período de sete a dez anos, disse a vice-presidente do Banco Central da Federação Russa, Olga Skorobogatova. Esse comentário veio a público na sessão de painel “Blockchain – o nascimento de uma nova economia”, no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo.

Ela também reconheceu que o Banco Central está novamente considerando a possibilidade de criar uma criptomoeda nacional. Respondendo à questão do moderador da sessão, Sergei Gorkov, que perguntou se vale a pena voltar à ideia de criar a chamada Bitrablya, Olga Skorobogatova disse:

“Vamos chegar à moeda virtual, e já começamos a trabalhar nela. Na verdade, todos os reguladores chegaram à conclusão de que, é claro, a moeda virtual nacional deveria ser criada. Este é o futuro. É somente uma questão de tempo”, disse ela.

De acordo com Skorobogatova, a Rússia tem um bom traço nacional, que descreveu com um conhecido ditado local, que faz alusão à prática comum de demorar muito tempo planejando mas eventualmente se atirar em novas situações. E isso, nas suas palavras, é totalmente aplicável à situação da Blockchain.

“No nível da esfera financeira, no nível dos órgãos estaduais, passamos muito tempo discutindo, coordenando ações e alguns problemas delicados, incluindo questões jurídicas muito complexas. Mas devido ao fato de que estamos fazendo muitos projetos-piloto em conjunto com diversos participantes do mercado, veremos o resultado com bastante rapidez”, disse ela.

Ao mesmo tempo, Skorobogatova salientou que o Banco Central como regulador tomou uma decisão muito acertada:

Publicidade

“Se a revolução é inevitável, melhor sair na frente”, disse Skorobogatova.

Contudo, os russos, ou ao menos seu governo parecem ser uma fonte interminável de contradição. Exatamente um ano atrás, o diretor do departamento de tecnologias financeiras, projetos e processos de organização do Banco Central da Rússia, Vadim Kalukhov, disse que o regulador se recusou a criar uma criptomoeda nacional.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment