Banco italiano revela planos de lançar derivados de Ethereum

A subsidiária do grupo bancário italiano, Intesa Sanpaolo, o Banco IMI, a Intesa Innovation e a startup de Blockchain Oraclize estão considerando a possibilidade de lançar derivados do Ethereum nos mercados financeiros.

Publicado em 22 de novembro de 2017 por

A subsidiária do grupo bancário italiano, Intesa Sanpaolo, o Banco IMI, a Intesa Innovation e a startup de Blockchain Oraclize estão considerando a possibilidade de lançar derivados do Ethereum nos mercados financeiros. Isso é relatado pela CoinDesk.

De acordo com Massimo Morini, gerente superior do Banco IMI, um Contrato Inteligente baseado em Ethereum impedirá a possibilidade de recusa de pagamento sob contrato de qualquer contraparte. Ao mesmo tempo, derivativos baseados em contratos inteligentes podem reduzir o tempo de execução de alguns acordos em horas ou dias.

Publicidade

Publicidade

“Basta apenas que o Contrato Inteligente contenha alguns meios para garantir que, mesmo que o pagamento seja interrompido, você não perca dinheiro. Esse modelo de negócios é diferente da forma padrão dos mercados financeiros, mas funciona”, acrescentou ele.

Ao mesmo tempo, Morini ressaltou que a confidencialidade é o maior obstáculo para o desenvolvimento do mercado de derivados em Blockchain.

Lembramos que em julho, o Intesa Sanpaolo se juntou ao projeto de rede de mensagens interbancária SWIFT para testar a tecnologia de Blockchain.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment