Localizada ao norte de Oslo, a fazenda Kryptovault, destinada à mineração de Bitcoin, que anteriormente foi acusada de barulho excessivo, pode ser fechada devido a um conflito com os reguladores. Isso foi escrito pelo The Local.

Representantes das autoridades locais disseram que a empresa não possui as autorizações necessárias e funciona ilegalmente. O chefe da fazenda, Stig Myrseth, por outro lado, afirmou que a empresa já havia solicitado as licenças necessárias. Ele ressaltou que durante o lançamento inicial no lugar da fábrica abandonada, todos os documentos necessários estavam disponíveis.

A Kryptovault usa 9,5 mil computadores, que consomem cerca de 40 MW de energia para mineração de Bitcoin. Para resfriar essas capacidades, no entanto, a fazenda emprega poderosos sistemas que produzem muito ruído – isso afeta a vida dos vizinhos.

“Nós ouvimos essa fábrica 24 horas por dia, 365 dias por ano. Nosso verão foi simplesmente destruído”, apontou Trond Gulestø, um morador local.