Bitcoin chega a US$ 1000 na China e na Coreia do Sul

Não muito depois do inicio do ano do Galo, no dia primeiro de fevereiro, o Bitcoin viu seu valor subir novamente para 1000 dólares.

Publicado em 2 de fevereiro de 2017 por

No dia 28 de Janeiro, a China e a Coreia do Sul festejaram a entrada de um novo ano – esses países tem seus calendários baseados na lua por isso a diferença na data. Nessa época eles comemoram o deus da riqueza e, como é tradicional, nesse festejo as pessoas são presenteadas com envelopes vermelhos. Esses envelopes vermelhos são recheados com dinheiro que normalmente é dado pelos mais velhos aos mais novos.

Não muito depois do inicio do ano do Galo, no dia primeiro de fevereiro, o Bitcoin viu seu valor subir novamente para 1000 dólares.

Publicidade

Publicidade

A cada quinto dia do primeiro mês do calendário lunar chinês, o povo chinês também celebra o Deus da Riqueza, uma celebração nacional em que as famílias se preparam para pagar tributo á divindade, fornecendo animais, bolos e frutas e lançando fogos de artifício para recebê-lo.

Bitcoin um ativo seguro e protegido do sistema

Durante as últimas semanas, executivos e analistas de câmbio do Bitcoin, incluindo Bobby Lee, CEO da Bitcoin da exchange BTCC, a mais antiga do mundo em funcionamento, enfatizaram a presença do Bitcoin nas principais economias como um recurso seguro.

Lee afirmou:

“O ouro é uma espécie de reserva contra o sistema, o status quo. Nossa sociedade está enraizada no sistema monetário atual de dinheiro fixo, onde os governos emitem, e eles podem colocar em circulação tanto quanto eles queiram. Isso não é lá muito diferente dos pontos de recompensa usados por algumas empresas”.

No final de 2016, o preço do Bitcoin começou a aumentar rapidamente à medida que investidores e comerciantes começaram a perceber o Bitcoin como um investimento eficiente a longo prazo e um ativo seguro estável pela primeira vez desde sua introdução em 2009.

Esta mudança no ponto de vista sobre o Bitcoin conduziu o preço da moeda a altos valores, girando em torno de 1000 dólares, atingindo picos de 1200. A cobertura da grande mídia começou a relatar ativamente a moeda digital.

Um ciclo no valor crescente do Bitcoin

Neste caso, o preço do Bitcoin nos mercados chinês e coreano começou a aumentar devido ao aumento do fluxo de capital e à restrição de dinheiro e serviços financeiros para complementar o Yuan chinês ou o Won coreano que saíam de circulação.

É provável que o preço do Bitcoin continue subindo se a atenção da mídia continuar aumentando, como Lee explica:

“Foi no quarto trimestre de 2016 que os preços começaram a subir. Ao fazer isso, os preços mais altos atraíram a atenção da mídia. Forbes, Wall Street Journal, mídia chinesa e outros produziram um ciclo que reforçou a palavra em torno da moeda. Quando o preço do Bitcoin se aproxima de um máximo histórico ou atinge a paridade relativa aos preços do ouro, a atenção da mídia se acelera.”

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment