Bitcoin Egypt, a primeira corretora de Bitcoin do Egito

Os criadores da primeira corretora de criptomoedas do Egito, a Bitcoin Egypt vem enfrentando problemas com o órgão regulador do país.

Publicado em 14 de agosto de 2017 por

O Bitcoin Egypt, um startup de negociação de criptomoedas, está se preparando para lançar a primeira corretora de Bitcoin no Egito. Espera-se que a nova plataforma comece a trabalhar em 31 de agosto, pelo menos em modo de teste alfa, escreve a revista ForkLog.

“Estamos falando de 31 de agosto. Se a corretora não funcionar de modo pleno direito, nós, pelo menos, lançaremos a versão alfa”, disse um dos fundadores da Egypt, Rami Khalil.

Publicidade

Publicidade

Segundo ele, esta será a primeira corretora de Bitcoin registrada no Egito, até agora todas as transações com criptográficas no país ocorreram exclusivamente no mercado paralelo. Nessa fase inicial, o comércio de Bitcoin contra a Libra egípcia estará disponível, mas no futuro, a Bitcoin Egypt também adicionará Ether e outras criptomoedas. Além disso, os fundadores da corretora desejam expandir a lista de moedas tradicionais e, no próximo ano, lançar um serviço de pagamento.

Quanto aos dados pessoais dos usuários, a Bitcoin Egypt irá coletar apenas as informações mais básicas. Como os representantes da corretora salientaram, tecnicamente, o Bitcoin no Egito é considerado uma mercadoria e, portanto, as regras oficiais da KYC/AML não se aplicam a ele.

“Verificamos as informações do usuário apenas para evitar que os lavadores de dinheiro entrem na corretora e, claro, estaremos preparados para qualquer alteração no regulamento pelo governo egípcio”, disse Ramili Khalil.

Publicidade

Publicidade

Apesar do fato de que o ecossistema Bitcoin no Egito está mal desenvolvido, o representante da Bitcoin Egypt diz que pelo menos várias centenas de pessoas estão ativamente envolvidas na compra e venda de criptomoedas em fóruns online. Os comerciantes, no entanto, praticamente não trabalham com Bitcoin, considerando-o um tipo de tabu.

“Nós, é claro, queremos mudar essa visão e contribuir para uma distribuição mais ampla do Bitcoin”, acrescentou Ramil Khalil.

Note-se que os residentes do Egito atualmente também tem a sua disposição os serviços da corretora de Bitcoins e carteiras do BitOasis, com sede em Dubai.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment