O Bitcoin não esta em uma olimpíada, mas vem quebrando recordes.

O preço do Bitcoin vem crescendo de forma lenta e gradativa sem medos ou sustos. Durante o fim do ano passado e o começo desse ano, a moeda vem mostrando resiliência e superando todas as dificuldades e obstáculos enfrentados, quebrando recordes de preço.

Publicado em 25 de fevereiro de 2017 por

O preço do Bitcoin vem crescendo de forma lenta e gradativa sem medos ou sustos. Durante o fim do ano passado e o começo desse ano, a moeda vem mostrando resiliência e superando todas as dificuldades e obstáculos enfrentados, quebrando recordes de preço.

Ainda ontem, o Bitcoin atingiu seu topo de valor chegando novamente a casa de US$ 1.153, e hoje o dia não foi diferente com a moeda chegando a um novo patamar de US$ 1.163. Então, por agora, podemos afirmar que todos estão otimistas com relação à ele, e que, o Bitcoin, no momento, bateu seu recorde de preço anterior atingindo um máximo de US$ 1.163, na Bitstamp, maior valor de todos os tempos para o Bitcoin.

Publicidade

Publicidade

No entanto, esse não é o único momento em que o Bitcoin tem quebrado os preços. Durante o mês de janeiro de 2014, o preço do Bitcoin em várias bolsas experimentou vários aumentos, que, até recentemente, podem ter parecido impossíveis de quebrar.

E, no entanto, Bitcoin está fazendo exatamente isso.

Todos os preços estavam atuais no momento da redação, mas quase certamente terão mudado no momento da publicação.

Aumento de preços na BTC-e

Em 2014, a BTC-e relatou o preço do Bitcoin em US$ 1.095. No entanto, na BTC-e, o Bitcoin quebrou o seu preço de 2014, agora um valendo mais de US$ 1.130.

Em apenas uma semana houve um aumento de nove por cento no preço do Bitcoin na BTC-e. Embora não seja certamente uma subida vertical, é este assentimento medido que ajuda a dar mais segurança ao preço da moeda digital.

Exchanges chinesas congeladas

Em 2014, a OKCoin, BTC China e Huobi relataram preços no valor de ¥ 7995, ¥ 7588 e ¥ 8000 respectivamente.

Em 2 de janeiro, a OKCoin registrou um salto no preço de ¥ 8888, BTC China alcançou ¥ 8896.2, e Huobi ¥ 8895. No entanto, desde então, as mudanças ocorreram que viram o preço em todas as exchanges chinesas caírem.

Desde a intervenção do Banco Popular da China (PBoC) no início deste ano, as principais exchanges – OKCoin, BTC China e Huobi – congelaram as retiradas de moedas durante um mês, para se adequarem as novas normas impostas pelo PBoC. A BTC China espera retomar seus serviços em 15 de março.

Isto, naturalmente, faz para a leitura interessante nestas exchanges particulares onde a moeda digital está sendo negociada à um preço mais baixo da média, porque ninguém pode retirar os Bitcoins que compraram.

Os preços atuais para OKCoin, BTC China e Huobi estão em ¥ 7750, ¥ 7544.9 e ¥ 6470.

Bitstamp e Bitfinex com preços em alta.

A Bitstamp e a Bitfinex estabeleceram máximos históricos em 2014, com preços de US $ 1.163 e US $ 1.175. O valor da Bitstamp já foi ultrapassado, com um máximo de US $ 1.168, enquanto o preço negociado por cada unidade de Bitcoin na Bitfinex esta a apenas a US$ 10 de um novo recorde histórico.

Só o tempo dirá, mas é bem provável que isso aconteça, considerando que o Bitcoin já quebrou os preços de 2014 em várias exchanges, provavelmente esses novos valores serão atingidos em breve.

Bem nesse momento, estou postando esse artigo no site e vi que o Bitcoin acabou de atingir a nova marca histórica de US $1.175. Que muitos outros recordes venham! O Bitcoin cruza a linha em primeiro lugar.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment