BitFlyer começa a operar nos EUA

A maior corretora de criptomoedas do Japão, a BitFlyer, abriu suas portas aos usuários dos EUA.

Publicado em 28 de novembro de 2017 por

A maior corretora de criptomoedas do Japão, a BitFlyer, abriu suas portas aos usuários dos EUA. Isso foi relatado pela CNBC.

Segundo notas da fonte, a Tokyo Stock Exchange tornou-se a quarta empresa a receber a chamada BitLicense, que permite a realização de atividades relacionadas à criptomoedas no estado de Nova York. Além dela, a permissão da Autoridade de Serviços Financeiros da Cidade de Nova York (NYDFS) foi recebida pela Coinbase, Circle e Ripple.

Publicidade

Publicidade

O cronograma da corretora é o seguinte:

BitFlyer começa a operar nos EUA. BTCSoul.com

De acordo com representantes da BitFlyer, até o final do ano, usuários dos EUA poderão negociar Bitcoin com taxas zero de comissões. No início do próximo ano, algumas Altcoins líquidas serão adicionadas à listagem, incluindo Litecoin, Ethereum (ETH) e Ethereum Classic (ETC).

No verão de 2015, a NYDFS ordenou que todas as empresas que operavam no estado de Nova York se candidatassem à BitLicense dentro de 45 dias após a entrada em vigor das novas regras. As empresas também tiveram que pagar uma taxa de inscrição de US$5 mil, que, se recusada, não seria devolvida.

Lembre-se de que, mais cedo, a corretora de criptomoedas BitFlyer abriu um escritório em São Francisco e anunciou o início dos trabalhos nos EUA.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment