Bithumb desconectará contas de residentes de 11 países

A corretora coreana de criptomoedas, Bithumb, anunciou suporte aos Tokens OmiseGO (OMG) e Kyber Network (KNC).

Publicado em 28 de Maio de 2018 por

A partir do dia 27 de maio, vários traders perderão a oportunidade de trabalhar com a corretora sul-coreana, Bithumb Segundo a CCN, tal decisão foi tomada pela administração da plataforma em cumprimento à legislação contra a lavagem de dinheiro.

A lista negra inclui 11 países com medidas ineficazes para combater a lavagem de capitais e financiamento ao terrorismo, que ameaça o sistema financeiro internacional – Coreia do Norte, Irã, Iraque, Bósnia e Herzegovina, Etiópia, Síria, Sri Lanka, Trindade e Tobago, Tunísia, Vanuatu e Iêmen.

O registro de novos usuários dessas jurisdições foi interrompido. Os usuários já registrados terão suas transações bloqueadas e suas contas serão desativadas em 21 de junho.

Para evitar a falsificação de informações do usuário, a Bithumb desenvolverá um procedimento obrigatório de verificação móvel para usuários estrangeiros.

Além disso, a administração do escritório da corretora de criptomoedas pretende atender às recomendações do governo da Coréia do Sul e da associação de Blockchain da Coréia na prevenção da manipulação do mercado e insider trading.

“Vamos seguir rigorosamente nossas próprias regras e proteger nossos investidores, bem como cooperar ativamente com as autoridades locais”, comunicou a Bithumb.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment