bitJob: uma solução para empregos e independência financeira

bitjob sua independencia financeira

Publicado em 14 de agosto de 2017 por

A bitJob, uma plataforma que visa garantir trabalhos para os estudantes de todo o mundo, está em sua fase de pré-venda, período durante o qual a equipe responsável espera reunir fundos vendendo sua criptomoeda STU.

Essa moeda virtual será utilizada na plataforma como meio de pagamento, investimento e até mesmo para reunir fundos mediante empréstimos. Então, além de facilitar o encontro de empregadores e estudantes que tanto precisam de trabalho, a plataforma também possibilitará rendimentos.

Publicidade

Publicidade

Um pouco mais sobre a bitJob

Idealizada para ser um centro onde estudantes podem tanto oferecer serviços, dentro de seu campo de graduação/especialização, quanto dar lances e aceitar trabalhos disponibilizados por empregadores interessados.

De maneira similar a soluções já existentes como Freelancer, Upwork ou Workanda, a plataforma bitJob será diferente ao ser voltada integralmente para estudantes que buscam maneiras de sobreviver enquanto também enriquecem seu currículo com experiências válidas dentro de seu futuro campo de atuação.

Dentro da proposta da bitJob, um estudante de Engenharia pode oferecer seu tempo para executar cálculos necessários em todos os campos da indústria, aceitar tutoria em matérias relevantes da faculdade ou até mesmo projetar algo que, obviamente, seria revisado na sequência pelo empregador.

Publicidade

Publicidade

Os exemplos citados acima são apenas uma pequena parcela da realidade que a bitJob planeja trazer para a vida de milhares de estudantes do mundo inteiro.

Com o crescimento da plataforma, espera-se que empregadores e estudantes do mundo inteiro possam se aproveitar das vantagens da descentralização de forma real e imediata. Imagine a facilidade em um estudante brasileiro de computação poder aceitar trabalho para desenvolver um aplicativo de uma empresa polonesa.

Os cenários e possibilidades são realmente ilimitados e é esse poder sobre o próprio destino que a bitJob promete trazer para a vida de tantos.

Como ganhar dinheiro na bitJob

Conforme a plataforma fica pronta e disponível para uso, com o desenvolvimento contínuo, o white-paper da startup explica que a solução não irá apenas facilitar a vida dos estudantes, mas também será uma forma rentável de investimentos de curto, médio e longo prazo.

A descrição do projeto diz o seguinte:

“O sistema oferecerá recompensas na forma de juros para os membros que decidirem manter seus ganhos na plataforma. Uma quantidade de tokens será conferida em troca do investimento de longo termo dos ganhos dentro do sistema. Resumindo, um usuário regular terá a oportunidade de investir na plataforma”.

Além disso, como uma possibilidade adicional, os membros poderão emprestar seus tokens para outros, ganhando assim juros. Desta maneira, a plataforma também estará permitindo empréstimos p2p, o que aumentará a liquidez, uma vez que os tokens ainda permanecerão no sistema.

Então, olhando para essa possibilidade, a bitJob se tornará muito mais do que apenas uma plataforma que permite o emprego de estudantes. Mas, conforme o desenvolvimento prossiga, ela será um meio de investimento de respaldo, o que possivelmente também ajudará muitos a conquistarem sua independência financeira.

Pré-venda dos tokens STU

Uma coisa a ser lembrada enquanto discutimos os tokens STU, é que eles são uma criptomoeda que representam valor válido e, pouco tempo depois da ICO, poderão ser negociados ativamente em corretoras de criptomoedas, assim como ocorre com o Bitcoin, Ethereum, Dash e Decred hoje em dia.

Até o dia 16 de Agosto, a bitJob estará aceitando contribuições de investidores iniciais, as quais serão recompensadas com um bônus de 40% de tokens STU. O valor mínimo para investimento durante essa fase é de 25 ETH, os quais devem ser enviados diretamente para o endereço citado no site presale.bitJob.io.

Além disso, todos os que contribuírem para a pré-venda de tokens STU ganharão inteiramente grátis uma Trezor wallet, uma das carteiras de hardware mais cobiçadas do mercado.

LEMBRETE: Para contribuir para a pré-venda de tokens STU você precisa utilizar uma carteira padrão de Ethereum, como a oferecida pelo serviço MyEtherWallet.com. Não envie valores diretamente da carteira de sua corretora.

Para saber mais sobre o projeto ou fazer seu primeiro investimento nos tokens STU confira os endereços oficiais de discussão e do site da bitJob.

Site oficial da pré-venda

Telegram em português do projeto

Facebook

Twitter

White-paper do projeto

Publicidade

Publicidade

Thiago
Thiago é co-fundador e o suporte técnico, famoso faz-tudo, por trás do BTCSoul. Para ele o interesse nas criptomoedas, Blockchain e Bitcoin se encontra também em seu código.

Leave a Comment