BitLendingClub: leis regulatórias fazem primeira vitima

BitLendingClub baseado em Blockchain desliga, cita pressão reguladora como motivo

Publicado em 2 de dezembro de 2016 por

BitLendingClub baseado em Blockchain desliga, cita pressão reguladora como motivo

O maior mercado de empréstimo de blockchain do mundo, o BitLendingClub, anunciou seu fechamento repentino devido ao que descreve como pressão reguladora.

Publicidade

Publicidade

A startup búlgara registrada em 2014 tem uma lista de 10 mil empréstimos com valor total de US$ 7 milhões. A empresa está encerrando suas operações, mantendo uma funcionalidade mínima para os usuários existentes, a fim de promover a retirada dos fundos ou pagamentos de empréstimos.

“Trabalhamos muito duro para construir uma plataforma e uma comunidade que está posicionada de forma única para fornecer ao ecossistema Bitcoin um serviço extremamente necessário”, afirmou um post publicado hoje.

A empresa acrescenta:

Publicidade

Publicidade

“No entanto, ao longo do último ano, as pressões regulatórias foram tão fortes que tornam inviabilizaram a manutenção da plataforma. Lamentavelmente anunciamos que teremos que estamos terminando os serviços de imediato”.

A funcionalidade começará a ser reduzida a partir da próxima semana.

O ônus da conformidade

Este foi apenas mais um dos reflexos das dificuldades enfrentadas pelas startups baseadas em moedas virtuais com relação às legislações. Por mais que a UE tenha sido acolhedora com o cenário contraditório das inovações financeiras, conforme se pode testemunhar na Holanda, as exigências de conformidade podem acabar restringindo a funcionalidade de muitas destas empresas.

A BitLendingClub disse que o fechamento era parte da realidade de operar um negócio no ecossistema do Bitcoin. “Dado que chegamos ao ponto em que já não é possível executar a plataforma e ficarmos conformes com as legislações emergentes, decidimos encerrar o serviço”, explicou a empresa.

Ainda em setembro, o BitLendingClub ainda estava crescendo, lançando sua mais recente ferramenta adicional chamada Loanbase. Focada no mercado latino-americano, a Loanbase foi projetada para fornecer financiamento para pequenas e médias empresas. Não está claro se o ramo continuará a operar na ausência de sua matriz.

Enquanto isso, outras plataformas de empréstimos da Bitcoin continuam a prosperar. A operadora alemã Bitbond anunciou recentemente um esquema de prêmios pedindo aos usuários que votassem pelo seu blog de empréstimo P2P favorito, os candidatos, entretanto, não incluíam a BitLendingClub.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment