Bitso e Paycase unidas para melhorar remessas

A bolsa de Bitcoin mexicana Bitso esta trabalhando com a empresa de pagamentos canadense Paycase para criar um novo corredor de remessas entre os dois países.

Publicado em 10 de março de 2017 por

A bolsa de Bitcoin mexicana Bitso esta trabalhando com a empresa de pagamentos canadense Paycase para criar um novo corredor de remessas entre os dois países.

A Bitso, que arrecadou US$ 2,5 milhões em novos financiamentos em setembro passado, disse que tem trabalhado com Paycase para enviar os fundos de contas bancárias entre o Canadá e o México.

Publicidade

Publicidade

Em um exemplo, as empresas disseram hoje, que um micro pagamento em moeda fiduciária foi enviado a partir de um banco canadense para a Paycase antes de ter sido transmitido para Bitso, usando Bitcoin, antes de finalmente ser depositada em uma conta bancária mexicana. De acordo com as startups, todo o processo levou cerca de três minutos para ser concluído.

Pablo Gonzalez, presidente-executivo da Bitso, disse:

“Acreditamos no poder do Bitcoin como um trilho para tornar os serviços financeiros mais competitivos e criar a inclusão financeira em mercados como o México.”

Por enquanto eles ainda não forneceram um indicativo de quando o serviço estará disponível ao publico. As duas empresas tem trabalhado no contexto da turbulência econômica na América do Norte.

Publicidade

Publicidade

O CEO da Paycase, Joseph Weinberg disse: “Acreditamos que este corredor se tornará cada vez mais importante para a estabilidade do mercado norte-americano”.

As remessas são uma aplicação da tecnologia Bitcoin que tem visto grande interesse desde o lançamento da moeda digital, com a sua natureza sem fronteiras e software subjacente dirigindo e explorando novas formas de enviar fundos de maneira mais conveniente de um país ou região para outro. A Bitso e a Paycase começaram a explorar esse campo no decorrer do ano passado.

No entanto, fatores como o custo da conformidade regulatória e a resistência à moeda digital por parte das instituições bancárias tem, em alguns casos, bloqueado os serviços de remessas com base em Bitcoin. Ao mesmo tempo, algumas empresas no espaço avançaram suas plataformas em meio a um ambiente regulatório difícil.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment