Blockchain torna mais fácil aluguel em Roterdã

Em Roterdã um projeto piloto de blockchain poderá tornar tudo mais simples para todos. O projeto visa facilitar o aluguel de casas na cidade.

Publicado em 13 de dezembro de 2016 por

Em um notável endosso a aplicação da tecnologia blockchain, a cidade holandesa de Roterdã está trabalhando com a Deloitte Netherlands e o Centro de Inovação de Cambridge (CIC) para desenvolver um aplicativo de blockchain de imóveis para registrar contratos de arrendamento.

Primeiramente anunciado pela Deloitte Holanda, o objetivo do projeto piloto de blockchain é concluir contratos de arrendamentos juridicamente vinculativos “mais rápidos e fáceis” antes de eventualmente, também, monitorar pagamentos de aluguel.

Publicidade

Publicidade

“Ao implementar aplicações adicionais de blockchain no setor imobiliário, os tempos de transação e os custos podem ser reduzidos ainda mais”, afirmou Jan Willem Santing, gerente de publicidade Deloitte Real Estate. “Além disso, permite que os responsáveis pela decisão usem a análise de dados para tomarem futuras decisões de investimento na venda, compra e construção de imóveis”.

As startups que estão entre a rede CIC verão o desenrolar do aplicativo blockchain de imóveis. Fundada em Cambridge, Massachusetts, em 1999, a CIC é a maior rede de startups em todo o mundo e escolheu Roterdã como sua primeira expansão internacional além dos Estados Unidos em julho de 2015. Com lugar para até 500 startups em seu espaço de mais de 42000 metros quadrados, o centro de inovação da CIC poderia ter um impacto significativo na adoção de blockchains na cidade.

O projeto piloto faz parte do “Roadmap Next Economy” da região, uma iniciativa que tem 23 municípios na região metropolitana de Roterdã, que seve de experimento piloto para tecnologias disruptivas como a blockchain.

Publicidade

Publicidade

Assim como explica a Deloitte:

“Com este projeto, a cidade de Roterdã dará um grande passo adiante, tanto aplicando quanto oferecendo a tecnologia de blockchain a terceiros.”

O desenvolvimento da aplicação de blockchains verá um processo colaborativo e co-criativo entre o município de Roterdã, a CIC e a Deloitte.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment