Blockstream lança segunda versão de Cryptocurrency Data Feed

A Blockstream introduziu o aplicativo final da Lightning como parte da "Semana LApps": uma "Jukebox" da Lightning. Como os próprios desenvolvedores notaram, o aplicativo foi projetado principalmente como um meio de entretenimento: ele serve como um bom exemplo de como até mesmo um dispositivo tão arcaico pode ser atualizado com a ajuda da tecnologia Lightning Network.

Publicado em 25 de julho de 2018 por

A Blockstream, uma desenvolvedora terceirizada com experiência em tecnologia de Bitcoin e Blockchain, anunciou hoje uma grande atualização, lançando a versão 2 do seu Cryptocurrency Data Feed, desenvolvido em parceria com a Intercontinental Exchange (ICE).

O feed, que foi lançado em março de 2018, fornece dados sobre criptomoedas em tempo real e históricos a partir de uma crescente lista de corretoras do mundo inteiro. O feed fornece 133 pares comerciais e mais de 200 milhões de atualizações por dia.

O que há de novo nessa versão:

Carteiras de pedidos de segundo nível

As carteiras de pedidos com profundidade total agora são apresentadas em um formato de mercado por preço e são específicas para determinados locais para uma melhor eficiência de consumo. Isso permite que os usuários obtenham uma visão total sobre a liquidez do interesse em cada local, enquanto locais específicos do segmento são incluídos na carteira completa e personalizada de pedidos.

7 novos locais

Sete novos locais foram adicionados, com representação da Ásia, Europa e América do Sul. Isso dá mais de 25 locais no total, com a Blockstream integrando ativamente novos parceiros para lançamentos futuros.

8 novos ativos criptomonetários

O número total de ativos suportados pelo feed é agora 15, além das 18 diferentes moedas fiduciárias. A equipe de ciência de dados da Blockstream desenvolveu um modelo de limite para avaliar a adição de novos ativos: (1) número total de corretoras que negociam o ativo; (2) número dessas corretoras incluídas no Cryptocurrency Data Feed; (3) volatilidade média de 3 meses do ativo; (4) volume médio de negociação/oferta durante 24h; (5) valor de mercado do ativo.

A Blockstream é capaz de manter seu papel como um provedor de dados imparcial ao fornecer dados prontamente disponíveis, verificáveis e relevantes para todas as criptomoedas. Além do BTC, ETH, LTC, BCH, XRP, DASH e USD-T, neste lançamento, a Blockstream adicionou suporte para EOS, NEO, XMR, ETC, QTUM, OMG, ZEC e XLM.

Funcionalidade melhorada de conteúdo

Estatísticas de valor agregado e dados de referência são as principais vantagens do Cryptocurrency Data Feed. Cálculos como Volume, Preço Médio Ponderado pelo Valor (VWAP), Volume de Negociação, Contagem de Negociações e Abertura/Alto/Último/Baixo servem como referência para os investidores neste mercado que está sempre aberto.

Na versão 2, a Blockstream adicionou os seguintes recursos:
  • Status do local: essas mensagens indicam se um local está em bom estado ou se está passando por uma interrupção técnica, o que proporciona maior visibilidade em um mercado incerto, para que você saiba quando os dados devem aparecer.
  • Última Elegibilidade por Local: Preços em alguns locais são maiores do que os do mercado devido a excentricidades locais. Agora, o nosso serviço pode excluir esses preços dos cálculos diários de Abertura/Alto/Último/Baixo, mas ao mesmo tempo, continuar incluindo todas as negociações e cotações em novos campos “Última elegibilidade”.
  • Atribuição de cotação e negociação: todas as negociações e cotações incluem atribuição de preço, tamanho e tempo. Na versão 2, separa-se os campos de atribuição de negociação e cotação para obter profundidade adicional ao analisar dados.
Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment