Blockstream revela Jukebox – “máquina tocadiscos” baseada na Lightning Network

A Blockstream introduziu o aplicativo final da Lightning como parte da "Semana LApps": uma "Jukebox" da Lightning. Como os próprios desenvolvedores notaram, o aplicativo foi projetado principalmente como um meio de entretenimento: ele serve como um bom exemplo de como até mesmo um dispositivo tão arcaico pode ser atualizado com a ajuda da tecnologia Lightning Network.

Publicado em 29 de Março de 2018 por

A Blockstream introduziu o aplicativo final da Lightning como parte da “Semana LApps”: uma “Jukebox” da Lightning. Como os próprios desenvolvedores notaram, o aplicativo foi projetado principalmente como um meio de entretenimento: ele serve como um bom exemplo de como até mesmo um dispositivo tão arcaico pode ser atualizado com a ajuda da tecnologia Lightning Network.

A Lightning Jukebox é uma versão moderna de maquinas tocadiscos, que geralmente podem ser encontradas em bares e outros estabelecimentos similares. Por uma modesta taxa, os visitantes podem escolher e ligar sua música favorita. As principais diferenças entre o LApp e os dispositivos mecânicos tradicionais são: pagamento feito através do sistema Lightning Charge e código QR, e o terminal, capaz de reproduzir não apenas áudio, mas também vídeo, pois as músicas são transmitidas diretamente do YouTube.

Os desenvolvedores notam que a Lightning Jukebox é um ótimo exemplo de criação de aplicativos na base de Lightning Charge – programa que consiste em apenas 128 linhas de código e demonstra como é fácil integrar um sistema de micropagamentos baseado no protocolo Lightning. Além disso, o LApp fornece uma visão geral de como os serviços podem ser monetizados na Lightning Network.

Lembramos que em 24 de março, os desenvolvedores da Blockstream anunciaram o lançamento de uma ambiciosa iniciativa na qual eles planejavam apresentar, durante sete dias, sete diferentes plug-ins e aplicativos baseados na tecnologia Lightning Network (LApps) para a rede Bitcoin.

Assim, os dois primeiros produtos foram o FileBazzar, que permite que artistas, fotógrafos e outros criadores de conteúdo digital recebam recompensas em Bitcoins, e o Lightning Publisher, um plug-in para WordPress, com o qual criadores de blogs e sites nesta plataforma popular podem receber microtransações instantâneas através da tecnologia Lightning Network.

Outro aplicativo Lightning da Blockstream foi o Nanotip, que é um “banco de inclinações” virtual que permite que qualquer pessoa na rede Bitcoin envie doações usando a Rede Lightning.

Além disso, o Paypercall e o Ifpaytt permitem que os comerciantes configurem com facilidade e rapidez os sistemas de micropagamento na Lightning Network e são ótimos para uso em cafés e outros estabelecimentos semelhantes.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment