Bolsa de Hong Kong e o uso de Blockchain

Bolsa de Valores de Hong Kong (SEHK) está estudando a blockchain e como ela pode trabalhar em um sistema de liquidação de operação, de próxima geração.

Publicado em 21 de janeiro de 2017 por

A Bolsa de Valores de Hong Kong (SEHK) está estudando a blockchain e como ela pode trabalhar em um sistema de liquidação de operação, de próxima geração.

A divulgação aconteceu durante observações dadas pelo presidente-executivo da SEHK, Charles Li, que falava durante um almoço de mídia mais cedo hoje.

Publicidade

Publicidade

Em resposta a uma pergunta sobre as mudanças de infraestrutura de mercado, Li disse que, além de reequipar suas plataformas de negociação, a SEHK está pesando em opções para atualizar seus sistemas de pós-negociação também. Ele traçou um roteiro de três a quatro anos durante o qual a bolsa procuraria alguns benefícios entre eles, cortar custos e reduzir os riscos de todas as operações de cambio.

Como parte desse processo, a SEHK está considerando uma possível adoção e posterior uso da tecnologia blockchain.

Li explicou aos participantes do almoço:

“Em 2016 nós começamos a observar mais de perto o papel das novas tecnologias (como a computação em nuvem e contabilidade distribuída) como elas poderiam funcionar em nosso sistema, prestamos atenção em seu desenvolvimento o e isso vai continuar em 2017, quando iremos determinar nosso roteiro NextGen.”

A SEHK vem mantendo conversas exploratórias com o operador de câmbio Nasdaq desde outubro, de acordo com o South China Morning Post.

O banco central de Hong Kong também testou a tecnologia, anotando suas experiências em um white-paper de novembro, onde diz claramente que a blockchain “possui um enorme potencial”.

 

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment