O representante autorizado do Presidente da Federação Russa e o presidente do Partido do Crescimento sugeriram a criação de um “Crypto Vale” na Criméia, semelhante ao Crypto Vale na cidade de Zug. Isto foi relatado pela publicação do Rambler News Service.

O representante autorizado do Presidente da Federação Russa e o presidente do Partido do Crescimento sugeriram a criação de um “Crypto Vale” na Criméia, semelhante ao Crypto Vale na cidade de Zug. Isto foi relatado pela publicação do Rambler News Service.

“Outra idéia que precisa avançar, talvez, e caminhar através de iniciativas de grupos – ‘pessoas’ experientes em territórios individuais. Mesmo que seja muito difícil regular esses processos em uma base territorial, a Internet não aceita muito bem os limites geográficos… Por exemplo, existe um território na cidade de Zug na Suíça inteiramente voltado à criptografia. Bem, talvez possamos replica-lo aqui e criar o  ‘Crypto Valley Crimea”, disse Boris Titov no fórum científico e prático “Blockchain: Business and Power Dialogue”.

De acordo com o Presidente do Partido da República de Rost, isto pode ajudar a organizar um financiamento mais eficaz em condições de sanções pra a região.

“Acho que essa é uma ideia muito interessante, tudo é muito difícil lá, tudo é um pouco diferente do que nós entendemos … Há restrições externas muito sérias, sanções. As possibilidades da Internet, as possibilidades do Bitcoin, possibilidades da blockchain tornam possível, por exemplo, atrair fundos para a Criméia de formas absolutamente diferentes, mesmo levando em conta o fato de que muitos bancos não alocam dinheiro para a Criméia hoje, uma criação desse tipo minimizaria as dificuldades da região”, acrescentou Titov.

“Claro, se hoje houver um sistema de votação introduzido pelo menos parcialmente a nível federal, então a confiança no sistema eleitoral vai crescer dramaticamente. Eu estou falando de apenas uma parte, a blockchain pode mudar drasticamente a atitude da sociedade”, disse Titov, explicando que o trabalho já está em curso para criar um sistema de votação baseado em uma blockchain.

Boris Titov já havia pedido a legalização das criptomoedas na Rússia, e continua aparentemente sendo um assíduo defensor do Bitcoin e de sua tecnologia adjacente. Esperemos que Putin, que o nomeou seu representante, escute suas opiniões.