BTC-e: uma nova confusão a vista

A exchange BTC-e, que recentemente esteve envolvida em uma serie de escândalos que levou ao fechamento de seu site pelo FBI, publicou em seu novo site outra atualização sobre sua volta, sistematização e resumo de todas as aplicações anteriormente emitidas.

Publicado em 29 de julho de 2017 por

Sabe-se que as autoridades americanas estão de posse do site da corretora BTC-e, o que não se sabe ainda é quem foi o filho de deus que levou todos os ETHs que estavam sob tutela da corretora.

BTC-e: uma nova confusão a vista.BTCSoul.com

Publicidade

Publicidade

Histórico

A corretora BTC-e ficou offline durante a tarde da terça-feira, 25 de julho. Como ficou conhecido mais tarde, no mesmo dia, na Grécia, foi preso o suposto dono da exchange, Aleksandr Vinnik . Ele é acusado de estar envolvido na lavagem de mais de US$ 4 bilhões.

Ao mesmo tempo, o escritório americano da luta contra a criminalidade financeira (FinCEN) impôs a BTC-e uma multa de US$ 110 milhões por violar as leis contra a lavagem de dinheiro dos EUA.

Na quarta-feira, 26 de julho, o Twitter da BTC-e foi tomado por uma mensagem que dizia que a corretora planeja voltar ao trabalho dentro de 5-10 dias.

Publicidade

Publicidade

Atualmente

Há um dia o site da BTC-e foi tomado pelas autoridades e ficou indisponível aos usuários, talvez de forma permanente.

Mas, parece que as autoridades que estão de posse do site da corretora não podem afirmar estarem de posse das carteiras da BTC-e, onde estavam armazenadas todas as criptomoedas da corretora.

Na noite de sábado, dia 29 de julho de 2017, todos os ETHs que estavam na carteira sob tutela da corretora foram enviados a uma nova carteira, onde ate o momento estão armazenados.

BTC-e: uma nova confusão a vista.BTCSoul.com

Uma vez que a BTC-e ficou offline no início desta semana, os fundos da carteira de Ethereum pertencente à corretora não haviam sido movidos. No entanto, na noite de sábado, 29 de julho, todas as moedas que estavam lá foram retiradas por uma transação.

O montante total retirado era de 485.705,4597502 ETH, que à taxa de mercado atual é de quase US$ 95 milhões.

 

Antes disso, foram implementadas mais duas transações aparentemente controladas (entrada e saída) de valores simbólicos.

Embora não seja claro quem é dono da carteira para a qual esses fundos foram retirados, não existe nenhum relatório ou histórico de transações anteriores nela.

BTC-e: uma nova confusão a vista.BTCSoul.com

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

2 comentários sobre: “BTC-e: uma nova confusão a vista

  1. Acácio da Rosa Florentino

    Ótimo artigo. Só cuidado que não é “dia 29 de junho de 2017”, mas sim “dia 29 de JULHO de 2017”.

    1. Oi Acácio,
      Obrigado pela correção, já atualizamos o artigo =).

Leave a Comment