BTC ou mBTC, qual é a melhor saída para a BTCC?

O mBTC é o acrônimo para um milibitcoin (1/1000 de um Bitcoin ou .001 Bitcoins).

Publicado em 26 de janeiro de 2017 por

A notícia que todas as grandes exchanges chinesas estão planejando adotar uma nova unidade primária para negociação tem causado comoção, o que pode matar a ideia no ninho.

O que é mBTC?

O mBTC é o acrônimo para um milibitcoin (1/1000 de um Bitcoin ou .001 Bitcoins). A ideia por trás do uso de mBTC ao invés de BTC é basicamente de que o Bitcoin tem estado em um valor muito alto. Assim sendo, eles creem que é muito inconveniente lidar com tantas casas decimais em pequenas transações. Desta forma, é possível que num futuro próximo existam até mesmo microbitcoins ou µBTC.

Publicidade

Publicidade

De acordo com o CEO da BTCC, Bobby Lee que iniciou uma votação aberta sobre a questão, a qual ainda está em andamento em sua página do Twitter, as exchanges chinesas de Bitcoin estão considerando começar a negociar em unidades de mBTC ao invés de BTC, o que faz com que cada unidade seja cotada em 6,4 yuans ou 0,93 dólares, exibindo preços “baixos”, o que apetece as entidades regulatórias.

Lee vem fomentando e empurrando a ideia adiante há tempos, tendo mencionado esta sugestão, de acordo com relatos, em um jantar pós-conferência em Berlim no ano de 2014. Até o momento, a maioria dos participantes da enquete gosta da ideia proposta, apesar deles diferirem na escolha de unidade a ser adotada.

Opiniões favoráveis, mas divergentes

Enquanto algumas pessoas lembram do preço do ouro medido em gramas e miligramas, dizendo que o Bitcoin deveria ter tal premissa, e outros ainda falando que o mBTC removeria barreiras psicológicas, tornando o Bitcoin mais palpável e aumentando a adoção.

Publicidade

Publicidade

Diferentes opiniões dizem que a unidade de Satoshi, a menor quantia possível de BTC, deveria ser utilizada, fazendo com que fosse necessário unir 100.000.000 de Satoshis para perfazer 1 BTC. Já outros menos radicais, preferem que se utilize µBTC, dividindo o atual BTC por milhão e criando algo que estará preparado para o provável boom da criptomoeda.

Existem até mesmo aqueles que defendem o uso de uma simples casa decimal, conhecido como Bits, que resulta do Bitcoin dividido por 10. Isto faria com que cada unidade fosse negociada à aproximadamente 90 dólares, já reduzindo, de acordo com estes, o número de casas decimais o bastante.

Mesmo que hajam opiniões favoráveis, ainda temos aqueles que são completamente contrários à mudança na métrica, defendendo até o final o uso da unidade completa de BTC para propósitos de negociação.

Conclusão e futuro provável

O que será que isso realmente significa para o Bitcoin? Quanto ao seu valor intrínseco e segurança, nada. Mas realmente pode facilitar a adoção, mostrando que as pessoas podem SIM comprar 10 dólares em Bitcoin e ainda manterem esse valor. Isso se torna especialmente verdade quando a criptomoeda é pareada com moedas fiduciárias extremamente inflacionadas como o yuan e o peso mexicano, entre outras. A verdade é uma só: A simplicidade vende.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment