Capacidade de mineração da BitFury caiu para 2% do total do hash do Bitcoin

Como os usuários do Reddit apontaram, as capacidades do grupo de mineração BitFury na rede Bitcoin caiu inesperadamente para 2% do hash total.

Publicado em 16 de julho de 2017 por

Como os usuários do Reddit apontaram, as capacidades do grupo de mineração BitFury na rede Bitcoin caiu inesperadamente para 2% do hash total. No entanto, há algum tempo, o indicador da BitFury variou entre 10% e 15%.

Os representantes da empresa não emitiram nenhum comunicado ou comentário sobre o assunto até agora, o que aumentou a especulação e vários pressupostos sobre os motivos de um declínio tão acentuado.

Publicidade

Publicidade

Entre as versões mais prováveis ​​é a possível venda ou arrendamento de instalações e equipamentos para mineração para outras empresas. Essas informações são fornecidas com um link para o canal do Bitcoin Core no Slack. Nesse canal pode ser confirmado que o usuário sob o apelido @unsystemizer realmente escreve sobre isso.

Ele também observa que a diminuição da capacidade da BitFury já foi observada há várias semanas, e presume-se que elas possam estar alugadas para as empresas aliadas da Bitmain, a operadora da Antpool.

Notavelmente, as capacidades agregadas dos aliados do Bitmain, incluindo pools como BTC.TOP, ConnectBTC, ViaBTC e outros, já representam cerca de 50% do hash total da rede.

Publicidade

Publicidade

Também deve notar-se que a provável venda/arrendamento de capacidades ocorre na véspera de uma possível divisão da Blockchain do Bitcoin em duas cadeias distintas. Tal cenário não é descartado nos primeiros dias de agosto, quando a rivalidade entre os adeptos das duas principais soluções para os problemas de escalonamento da rede Bitcoin – SegWi2x e UASF – entrarão no estágio decisivo.

No início desta semana, uma possível suspensão do comércio de Bitcoin até a estabilização da rede foi relatada pela corretora GDAX. Pode-se esperar que outras corretoras tomem tais medidas.

Na manhã do domingo 16 de julho, o representante do Grupo BitFury, Georgy Kikvadze confirmou que a empresa vendeu um grande número de hashes a terceiros:

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment