Certificados escolares australianos serão registrados em Blockchain

A Universidade Estadual de Melbourne planeja introduzir uma Blockchain em seu sistema de certificação para evitar a falsificação de documentos sobre educação e recompensas.

Publicado em 11 de outubro de 2017 por

A Universidade Estadual de Melbourne planeja introduzir uma Blockchain em seu sistema de certificação para evitar a falsificação de documentos sobre educação e recompensas. Isso foi relatado no site oficial da instituição.

O desenvolvimento da plataforma da Universidade baseia-se no padrão Blockcerts, desenvolvido no ano passado pela empresa Learning Machine Technologies e pelo Department of Media Lab do Massachusetts Institute of Technology.

Publicidade

Publicidade

De acordo com representantes da universidade, a tecnologia de Blockchain permitirá superar a fraude na certificação, pois cada registro será vinculado a uma transação separada e não poderá ser alterado.

“Embora reconheçamos plenamente os graus e prêmios existentes fornecidos pela Universidade, também estamos interessados ​​em explorar as possibilidades de criar um ecossistema de certificação mais diversificado”, disse Gregor Kennedy, vice-reitor da Universidade de Melbourne.

Os testes serão parte de um projeto de larga escala que visa integrar a tecnologia de Blockchain nas estruturas existentes da instituição educacional.

 

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment