Chainalysis: usuários perdem acesso a Bitcoins no valor de US$20 bilhões

A Chainanalysis, startup de Blockchain baseada em Nova York, no âmbito do estudo de carteiras de Bitcoin, chegou à conclusão de que o acesso a Bitcoins no valor de US$20 bilhões está perdido para sempre.

Publicado em 9 de julho de 2018 por

A Chainanalysis, startup de Blockchain baseada em Nova York, no âmbito do estudo de carteiras de Bitcoin, chegou à conclusão de que o acesso a Bitcoins no valor de US$20 bilhões está perdido para sempre. Isso foi relatado pelo Wall Street Journal.

Segundo representantes da empresa, o principal motivo para isso é a perda de chaves privadas para acesso a carteiras. A parcela de Bitcoins perdidos excede indicadores similares de outros ativos digitais, o que, em primeiro lugar, se deve à idade da Primeira Moeda.

O economista sênior da Chainalysis, Kim Groer, afirmou que a empresa não poderá ajudar os usuários na recuperação dos Bitcoins perdidos. Vale ressaltar que o FBI, no curso de ações investigativas, conseguiu restaurar o acesso às criptomoedas no valor de US$1 bilhão.

A Chainalysis afirma que pode determinar a identidade de pelo menos um participante de uma transação na Blockchain de Bitcoin em 80% dos casos.

Segundo a empresa Wallet Recovery Services, seus especialistas são capazes de restaurar o acesso a carteiras em 30% dos casos – segundo eles, tudo depende da exatidão das informações pessoais fornecidas pelo usuário, com base nas quais as chaves para a entrada poderiam ser criadas.

O hipnotizador americano Jason Miller usa suas habilidades para ajudar os clientes a se lembrarem das sids para entrar em carteiras criptomonetárias. O especialista, no entanto, só resolve seis casos por ano e recebe 0,5 BTC por seus serviços e 5% dos ativos digitais em caso de recuperação bem-sucedida.

“Normalmente, quando recuperam acesso a Bitcoins perdidos, os clientes ficam tão felizes que me mandam a comissão sem problemas”, afirmou Jason Miller.

Note que a Chainalysis já havia publicado essa análise no final de 2017. À época, os especialistas disseram que até 3,79 milhões de Bitcoins poderiam estar irremediavelmente perdidos.

Por fim, a empresa enfatiza que um grupo de 1,6 mil endereços controla um terço de todos os Bitcoins do mercado, o que totaliza um montante de cerca de US$37,5 bilhões.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment