Charlie Lee e Roger Ver concordam com termos da disputa sobre o hardfork do Segwit2x

O criador do Litecoin, Charlie Lee, e o ardente defensor do aumento do tamanho do bloco do Bitcoin, Roger Ver, concordaram com os termos da disputa sobre o hardfork do Segwit2x.

Publicado em 21 de outubro de 2017 por

O criador do Litecoin, Charlie Lee, e o ardente defensor do aumento do tamanho do bloco do Bitcoin, Roger Ver, concordaram com os termos da disputa sobre o hardfork do Segwit2x. Lee escreveu sobre isso no seu Twitter. 

Publicidade

Publicidade

“O acordo com Roger Ver está concluído. Aqui estão as condições com as quais concordamos. Deixa rolar e venha o que vier”

Sob as condições, afirma-se que os termos do acordo serão válidos se o Segwit2x ocorrer no bloco 494.784 e, depois disso, 100 blocos serão minerados na nova cadeia. Caso o hardfork não aconteça, ou se a cadeia Segwit2x não atingir o bloco com número 494.884, ambas as partes do acordo manterão seus 250 Bitcoins.

Ao mesmo tempo, se não houver problema nenhum com a nova cadeia após o hardfork, então, dentro de duas semanas após alcançar o bloco 494.884, Ben Davenport (BitGo), Charlie Lee, Alex Morcos (Chaincode Labs) e Tuur Demeester (Adamant Research) enviarão 250 moedas resultantes do hardfork cada um a Roger Ver. Por sua vez, Roger Ver terá que enviar 250 Bitcoins da cadeia original (Segwit1x) a cada um deles.

As moedas geradas a partir de qualquer outro fork após o bloco 494.784 serão adicionadas à soma de 250 Bitcoins.

No final de setembro, Charlie convocou outros opositores do aumento do bloco sem consenso da comunidade para adicionar [NO2x] ao seu apelido no Twitter e ofereceu enviar 250 moedas geradas como resultado do hardfork em troca de 250 Bitcoins.

O escandaloso Roger Ver respondeu logo a esta proposta.

Vale ressaltar que uma grande parte da comunidade Bitcoin se recusa a apoiar o Segwit2x, citando a falta de transparência no desenvolvimento e metas declaradas.

Em particular, os representantes da carteira Bitcoin, Samourai Wallet, chamaram o hardfork Segwit2x de “um ataque à rede Bitcoin”. Comunidades de Bitcoin da Coréia do Sul, Brasil, Argentina, assim como as maiores reservas de mineração, Exchanges e outras organizações também discordam categoricamente da implementação do hardfork.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment