CheapAir transferirá pagamentos em Bitcoin para Bitpay devido a mudanças em política de Coinbase

A agência de reservas on-line CheapAir.com cancelou sua cooperação com a Coinbase, empresa de câmbio de Bitcoin, no que se refere a lidar com pagamentos em criptomoedas. Tudo indica que a recepção de criptomoedas será agora realizada com a ajuda da Bitpay.

Publicado em 23 de Abril de 2018 por

A agência de reservas on-line CheapAir.com cancelou sua cooperação com a Coinbase, empresa de câmbio de Bitcoin, no que se refere a lidar com pagamentos em criptomoedas. Tudo indica que a recepção de criptomoedas será agora realizada com a ajuda da Bitpay. Razões para essa decisão foram explicadas em um blog.

“Recentemente, nosso parceiro de processamento Coinbase nos informou que não vai mais suportar soluções de custódia para vendedores e que nas próximas semanas, planeja remover várias ferramentas e funções que torna possível que aceitemos pagamentos em Bitcoin de compradores do CheapAir.com”, disse o comunicado da empresa.

De acordo com representantes da agência CheapAir, sua capacidade de aceitar moedas criptográficas depende da possibilidade de conversão do Bitcoin em moeda fiduciária, pois companhias aéreas e hotéis tradicionais aceitam apenas essa forma de pagamento.

Publicidade

Apesar do fato de a integração da empresa com a Bitpay já ter sido concluída, a CheapAir foi avisada de que a recepção de criptomoedas pode não ser tão suave como costumava ser.

“Acima de tudo, estamos preocupados porque a BitPay não suporta wallets que são incompatíveis com o protocolo de pagamento BIP-70. Portanto, se você não tiver uma carteira compatível, obtenha-a e use-a como intermediário para pagamentos em Bitcoin”, enfatizou o comunicado.

Por fim, vale ressaltar que a CheapAir acrescentou quecomeçará a aceitar outras moedas, como Bitcoin Cash, Dash e Litecoin.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment