China: ICOs precisam de regulamentação moderada

O Chefe do Departamento de Estudos Financeiros e Estatísticos do Banco Popular da China (PBoC) Sheng Song Chen está convencido de que os reguladores devem estabelecer padrões de divulgação para ofertas iniciais de moedas (ICO).

Publicado em 9 de julho de 2017 por

O Chefe do Departamento de Estudos Financeiros e Estatísticos do Banco Popular da China (PBoC) Sheng Song Chen está convencido de que os reguladores devem estabelecer padrões de divulgação para ofertas iniciais de moedas (ICO). Isto foi relatado pela Yicai Global.

De acordo com um representante do PBoC, os investidores “devem ser cautelosos com as ICOs, onde os tokens criptográficos são distribuídos com a ajuda de uma blockchain”. Sheng Song Chen também pediu uma regulação moderada nesta área.

Publicidade

Publicidade

Ao mesmo tempo, o representante do banco central tem certeza de que é necessário apoiar em todos os sentidos o meio ambiente que promove o desenvolvimento de tecnologias inovadoras.

“Somente o tempo e a dinâmica do mercado podem nos falar sobre o futuro e a popularidade das tecnologias de blockchain e das ICOs. É necessário aplicar uma regulamentação moderada, mas essa regulamentação não deve reprimir a inovação”, disse Sheng Son Chen.

Anteriormente, o Banco Popular da China anunciou sua intenção de regular as ICOs. No mês passado, a Comissão Reguladora Bancária da China emitiu um relatório afirmando que a blockchain poderia representar um sério desafio para o sistema.

Também no mês passado, o PBoC  anunciou sua intenção de incluir a tecnologia de blockchain em seu plano de desenvolvimento quinquenal para o país.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment