China: polícia fecha mineração ilegal de criptomoedas

A polícia da cidade de Tianjin, no nordeste da China, deteve uma pessoa suspeita de roubo de eletricidade para mineração de Bitcoin. No que diz respeito a isso, mais cinco pessoas estão sendo investigadas.

Publicado em 25 de Abril de 2018 por

A polícia da cidade de Tianjin, no nordeste da China, deteve uma pessoa suspeita de roubo de eletricidade para mineração de Bitcoin. No que diz respeito a isso, mais cinco pessoas estão sendo investigadas. Isto foi relatado pela RIA Novosti com referência à Agência de Notícias Xinhua.

De acordo com a publicação, a empresa fornecedora de eletricidade para a cidade começou a detectar saltos repentinos na rede e significativas perdas de energia em uma das linhas elétricas, o que geralmente indica um aumento de carga na linha.

“Como resultado da investigação, foi possível descobrir que o medidor na caixa de distribuição de um dos consumidores de eletricidade foi fechado. Esse método é mais usado por fraudadores para não pagar pela eletricidade consumida”, afirmou a polícia.

A polícia confiscou suspeitos de 600 computadores por mineração de Bitcoin e seis poderosos aparelhos de ar condicionado. De acordo com seus dados, o custo de eletricidade para os dispositivos apreendidos era de centenas de milhares de yuans por mês.

Note que para a cidade, este é o maior caso de roubo de eletricidade dos últimos anos.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment